Ronaldinho Gaúcho é investigado por outros crimes no Paraguai.

Ola pessoal. No podcast de hoje, mais informações sobre a situação do ex-jogador da seleção brasileira Ronaldinho Gaúcho.  Neste domingo, o promotor Osmar Legal – que atua no processo em que Ronaldinho e de Roberto de Assis, irmão dele, são investigados por uso de passaportes falsos no Paraguai – afirmou ao Globoesporte.com que os dois também são investigados por outros crimes. 

O promotor não entrou em detalhes sobre os outros crimes. Ronaldinho Gaúcho e o irmão foram detidos na última quarta-feira (4) após chegar a Assunção e estão presos de maneira preventiva. Eles são processados, por enquanto, por uso de documentos paraguaios irregulares. 

A prisão preventiva pode durar até seis meses. Foi o próprio promotor Osmar Legal quem pediu, neste sábado (8), a manutenção da prisão dos brasileiros, alegando "risco de fuga e que o Brasil não extradita seus cidadãos". 

O representante legal de Ronaldinho Gaúcho e de Assis, Sergio Queiroz, afirmou em uma entrevista coletiva que a detenção dos dois é ilícita, ilegal e abusiva. Queiroz reconheceu que Ronaldinho e Assis apresentaram documentos falsos ao entrar no Paraguai, mas sem intenção. Segundo o defensor, eles agiram de de boa fé e sem dolo.

Comentários

Arquivo

Mostrar mais