TSE suspende consequências para quem não votou nas eleições de 2020

Imagem
 O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luís Roberto Barroso, assinou ontem (21) uma resolução suspendendo as consequências legais para quem não votou nas eleições municipais de 2020 e não justificou ou pagou a multa. Entre suas justificativas, a medida considera “que a persistência e o agravamento da pandemia da Covid-19 no país impõem aos eleitores que não compareceram à votação nas Eleições 2020, sobretudo àqueles em situação de maior vulnerabilidade, obstáculos para realizarem a justificativa eleitoral”. O texto da resolução sobre o assunto considera ainda a “dificuldade de obtenção de documentação comprobatória do impedimento para votar no caso de ausência às urnas por sintomas da covid-19”. A norma não estipula prazo para a suspensão das sanções para quem não votou e não justificou ou pagou multa. A medida ficará vigente ao menos até que o plenário do TSE vote se aprova ou não a resolução assinada por Barroso. Isso não deve acontecer antes de fevereiro, devido ao rece

Você está no Cadastro Único do Governo Federal e ainda não recebeu o AUXÍLIO EMERGENCIAL.

Angustia, expectativa, desespero e realidade. Você está no Cadastro Único do Governo Federal, não recebe o Bolsa Família, e até o momento, ainda não sabe se vai receber o bendito Auxílio Emergencial de R$ 600. Está ainda é situação duvidosa. Apesar de o Governo Federal ter elaborado os critérios definindo quem vai ou não receber o Auxílio Emergencial pelos próximos três meses. 

Todos os dias, desde que começou o pagamento do Auxílio Emergencial, milhões de pessoas acessam o site ou o aplicativo criado pela Caixa para saber se os dados já foram avaliados e se estão aptos para receber o benefício emergencial, que certamente será um alívio para muitas famílias que perderam sua renda durante essa pandemia de coronavírus, mas lá se deparam apenas com a dúvida. Nem sim e nem não, apenas a certeza de que amanhã terão de consultar novamente o sistema. E a pergunta continua sem resposta. Vou ou não receber o Auxílio Emergencial?

Não tem como afirmar se você vai ou não receber, porém, a cada dia que passa, essa resposta parece ficar mais próxima. Isso porque a fila dessa bendita analise dos dados está andando. Sendo assim, é possível que na próxima semana o Governo Federal tenha conseguido encerrar essa etapa inicial de cruzamento de dados. 

Mas, até lá, a incerteza, infelizmente, vai predominar. Neste caso, por enquanto, o lado positivo é  que muitas pessoas já foram contempladas, embora só poderão sacar esse dinheiro a partir do dia 27 de abril. O que eu espero, sinceramente é que esse processo termine logo e que todos que realmente precisam dessa ajuda sejam contemplados.  

Eu vou ficando por aqui, até o próximo podcast.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Crivella disse que negro só gosta de: "cachaça, prostituição e macumba"?

Bolsonaro tem melhor avaliação desde o começo do mandato | Podcast.

Vídeo Som de trombetas no céu de Israel é real?