Bolsonaro diz que insumos da CoronaVac chegarão nos próximos dias

Imagem
O presidente Jair Bolsonaro afirmou, na tarde desta segunda-feira (25), que os insumos necessários para a fabricação da vacina CoronaVac estão próximos da liberação pela China e devem chegar ao Brasil "nos próximos dias". A informação, segundo o presidente, foi repassada pela Embaixada do país asiático.  Além dos insumos da CoronaVac, o presidente disse que os ingredientes farmacêuticos ativos (IFA) da outra vacina em uso no Brasil, a produzida pela AstraZeneca em parceria com a Universidade de Oxford, também estão com trâmite acelerado para que possam ser enviados da China.  Com a chegada da matéria-prima das duas vacinas, tanto o Instituto Butantan quanto a Fundação Oswaldo Cruz poderão produzir, envasar e rotular milhões de doses da CoronaVac e do imunizante da AstraZeneca.   Também pelas redes sociais, o embaixador da China no Brasil, Yang Wanming, compartilhou a publicação de Bolsonaro e destacou que o seu país continuará a ajudar o Brasil no combate à pandemia. Nos últi

MP quer esclarecimentos sobre AUXÍLIO EMERGENCIAL.

Oi, pessoal. Dando continuidade a série de podcasts sobre o Auxílio Emergencial, hoje falo sobre essa demora para analisar o cadastro e liberar o pagamento de R$ 600. O Ministério Público Federal, por meio da Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão está pedindo esclarecimentos ao Ministério da Cidadania em relação às dificuldades enfrentadas na liberação do auxílio emergencial. O governo tem um prazo de cinco dias para responder ao MP.

A procuradoria solicitou, por meio de ofício enviado ao ministro Onyx Lorenzoni, a data de referência utilizada para exame do vínculo formal de emprego dos requerentes ao auxílio emergencial nesta primeira concessão de abril. Além disso, o ministério precisará informar o procedimento adotado para os que perderam o emprego após essa data de referência e não fazem jus ao seguro desemprego. 
O Ministério Público também quer saber quais as regras para análise de recurso e o tempo médio de resposta no que se refere a três grupos específicos: beneficiários do Bolsa Família; inscritos no Cadastro Único e não beneficiários do Bolsa Família; e não inscritos no Cadastro Único. quantos requerentes tiveram a solicitação negada e por qual motivo, além da apresentação das regras utilizadas para indeferimento de cada solicitação. se houve alguma restrição à concessão do auxílio emergencial para parentes de pessoas abrigadas em instituições, tais como presídios, abrigos, ou instituições de longa permanência.

O auxílio emergencial foi formulado como um benefício para atenuar os efeitos do novo coronavírus. Com informações do portal UOL.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Crivella disse que negro só gosta de: "cachaça, prostituição e macumba"?

Bolsonaro tem melhor avaliação desde o começo do mandato | Podcast.

Vídeo Som de trombetas no céu de Israel é real?