TSE suspende consequências para quem não votou nas eleições de 2020

Imagem
 O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luís Roberto Barroso, assinou ontem (21) uma resolução suspendendo as consequências legais para quem não votou nas eleições municipais de 2020 e não justificou ou pagou a multa. Entre suas justificativas, a medida considera “que a persistência e o agravamento da pandemia da Covid-19 no país impõem aos eleitores que não compareceram à votação nas Eleições 2020, sobretudo àqueles em situação de maior vulnerabilidade, obstáculos para realizarem a justificativa eleitoral”. O texto da resolução sobre o assunto considera ainda a “dificuldade de obtenção de documentação comprobatória do impedimento para votar no caso de ausência às urnas por sintomas da covid-19”. A norma não estipula prazo para a suspensão das sanções para quem não votou e não justificou ou pagou multa. A medida ficará vigente ao menos até que o plenário do TSE vote se aprova ou não a resolução assinada por Barroso. Isso não deve acontecer antes de fevereiro, devido ao rece

PC Siqueira é investigado após o vazamento de supostas mensagens do youtuber.

O youtuber PC Siqueira está sendo investigado após o vazamento de supostas mensagens e acusações de pedofilia contra ele. 

Na última semana, um perfil no Twitter compartilhou imagens de uma conversa em que PC teria afirmado que recebeu fotos de uma criança sem roupas. Em 10 de junho, o perfil divulgou uma troca de mensagens supostamente envolvendo PC Siqueira. Na conversa, o youtuber relata que recebeu imagens de uma criança de 6 anos nua. Essas fotos teriam sido enviadas pela mãe da criança.

Após a divulgação dos prints, PC Siqueira foi às redes sociais afirmar que se tratava de fake news. Em seguida, foram compartilhados na internet supostos áudios dele afirmando que "deve ter um traço" de pedofilia. Logo depois da divulgação do áudio, PC deletou a mensagem sobre fake news do Instagram, mas o comunicado segue na página do Facebook do youtuber
A Secretaria de Segurança Pública de São Paulo confirmou a investigação por meio de comunicado.  
"A 4ª Delegacia de Proteção à Pessoa, do Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP), apura a denúncia feita por meio das redes sociais contra a pessoa citada". 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Crivella disse que negro só gosta de: "cachaça, prostituição e macumba"?

Bolsonaro tem melhor avaliação desde o começo do mandato | Podcast.

Vídeo Som de trombetas no céu de Israel é real?