TSE suspende consequências para quem não votou nas eleições de 2020

Imagem
 O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luís Roberto Barroso, assinou ontem (21) uma resolução suspendendo as consequências legais para quem não votou nas eleições municipais de 2020 e não justificou ou pagou a multa. Entre suas justificativas, a medida considera “que a persistência e o agravamento da pandemia da Covid-19 no país impõem aos eleitores que não compareceram à votação nas Eleições 2020, sobretudo àqueles em situação de maior vulnerabilidade, obstáculos para realizarem a justificativa eleitoral”. O texto da resolução sobre o assunto considera ainda a “dificuldade de obtenção de documentação comprobatória do impedimento para votar no caso de ausência às urnas por sintomas da covid-19”. A norma não estipula prazo para a suspensão das sanções para quem não votou e não justificou ou pagou multa. A medida ficará vigente ao menos até que o plenário do TSE vote se aprova ou não a resolução assinada por Barroso. Isso não deve acontecer antes de fevereiro, devido ao rece

Rio registra 64.533 casos confirmados e 6.639 mortes por covid-19.

O estado do Rio de Janeiro registrou 64.533 casos confirmados e 6.639 mortes por covid-19. São mais 1.467 casos e 166 óbitos nas últimas 24 horas. Os dados foram divulgados neste sábado (6) pela Secretaria de Estado de Saúde (SES). Há outros 1.171 óbitos em investigação e 48.783 pacientes se recuperaram da doença.

A capital lidera o número de casos confirmados, com 35.703 pessoas infectadas, ou 55,3% do total do estado. Os demais municípios com maior número de casos são: Niterói (3.586), São Gonçalo (2.082), Nova Iguaçu (2.082), Duque de Caxias (1.788), Itaboraí (1.421), Queimados (1.186), Angra dos Reis (1.102), Macaé (1.040), Campos dos Goytacazes (901), São João de Meriti (875), Belford Roxo (870), Volta Redonda (840), Magé (802) e Teresópolis (613).

A liderança no número de mortes também é da capital, com 4.401 casos, ou 66,2% do total no estado. Entre os demais municípios com maior número de óbitos, estão Duque de Caxias (296), Nova Iguaçu (242), São Gonçalo (242), Belford Roxo (127), Niterói (126), São João de Meriti (114), Magé (98), Itaboraí (89), Mesquita (70), Itaguaí (56), Petrópolis (54), Campos dos Goytacazes (46) e Angra dos Reis (45).

Apesar do grande número de casos e mortes, o governador do Rio, Wilson Witzel, publicou decreto, na sexta-feira (5), autorizando a liberação de quase todo o comércio, shoppings, partidas de futebol, pontos turísticos e templos religiosos. Mas a palavra final sobre essas atividades cabe a cada município. (Agência Brasil).

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Crivella disse que negro só gosta de: "cachaça, prostituição e macumba"?

Bolsonaro tem melhor avaliação desde o começo do mandato | Podcast.

Vídeo Som de trombetas no céu de Israel é real?