Bolsonaro apela para que caminhoneiros não façam greve

Imagem
O presidente Jair Bolsonaro apelou hoje (27) aos caminhoneiros para que não façam greve. "Reconhecemos o valor dos caminhoneiros para a economia do Brasil. Apelamos para eles que não façam greve porque todos nós vamos perder, todos, sem exceção. Agora, a solução não é fácil, estamos buscando uma maneira de não ter mais este reajuste", disse, após reunião no Ministério da Economia. Ontem (26), a Petrobras reajustou o preço médio do diesel nas refinarias em 4,4% e há especulações sobre uma greve de caminhoneiros que aconteceria na próxima segunda-feira (1º). “A Petrobras segue uma planilha, tem a ver com preço do petróleo lá fora, tem a ver com variação do dólar. Ontem foi boa notícia, o dólar baixou R$ 0,20. Estamos estudando medidas, agora, não tenho como dar uma resposta de como diminuir impacto, que, na verdade, foram nove centavos no preço do diesel”, disse, ressaltando que não interfere na política de preços da empresa. De acordo com o presidente, está em estudo a diminui

Estudo mostra que homem foi reinfectado pelo coronavírus.

Pesquisadores da Universidade de Hong Kong confirmaram o primeiro caso de reinfecção com o coronavírus. A equipe anunciou, hoje (24), que um homem de 33 anos contraiu o vírus pela segunda vez neste mês depois da primeira infecção em março.
A equipe e as autoridades relataram que o homem passou duas semanas no hospital depois que a sua primeira infecção foi confirmada. Depois, os resultados dos testes deram negativo e ele foi liberado.

A segunda infecção foi confirmada em um aeroporto quando voltava a Hong Kong depois de uma viagem à Espanha, passando pela Inglaterra. Ele não desenvolveu nenhum sintoma e foi liberado do hospital na sexta-feira (21).

Os pesquisadores afirmaram que a sequência genética do vírus na segunda infecção era diferente daquela do primeiro episódio.

Os responsáveis pelo estudo acrescentaram que o caso mostra que enquanto o coronavírus desenvolve anticorpos, os níveis desses podem cair depois de alguns meses. Isso os coloca em risco de reinfecção, como no caso de gripes comuns.

Os pesquisadores recomendaram que pacientes recuperados da covid-19 devem continuar usando máscaras. Eles defenderam também que a vacinação deve ser considerada por quem também já foi infectado pelo vírus. (Agência Brasil)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Crivella disse que negro só gosta de: "cachaça, prostituição e macumba"?

Bolsonaro tem melhor avaliação desde o começo do mandato | Podcast.

Vídeo Som de trombetas no céu de Israel é real?