Adolescente que atirou e matou Isabele é internada em unidade socioeducativa

De acordo com o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), menores que cometem atos infracionais análogos a crimes hediondos devem ser internados. Com base na lei, a  juíza Cristiane Padim, da Vara da Criança e da Juventude de Mato Grosso, atendeu a um pedido do Ministério Público Estadual envolvendo uma adolescente de 15 anos.

Para o MP, é fato que a adolescente, que atirou em Isabele Guimarães Ramos, de 14 anos, cometeu ato infracional análogo ao crime de homicídio doloso. Nesse caso, a internação dela foi determinada pela juíza. Ontem, ela se apresentou na noite desta terça-feira (15/09) na Delegacia Especializada do Adolescente. 

Com objetivo de reverter a decisão judicial, a defesa da adolescente já informou que vai ingressar com um pedido de habeas corpus.
Isabele Guimarães Rosa, de 14 anos, morreu ao ser atingida por tiro na cabeça no condomínio Alphaville, em Cuiabá. O fato ocorreu no dia 12 de julho deste ano. O disparo foi feito pela jovem, que, durante as investigações, alegou ter sido involuntário.

Além da adolescente, o namorado dela, de 16 anos, também foi indiciado por ato infracional análogo ao porte ilegal de arma de fogo, porque transitou armado sem autorização. Ele levou as armas para a casa da namorada, onde ocorreu o crime. Com informações do portal G1.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Crivella disse que negro só gosta de: "cachaça, prostituição e macumba"?

Bolsonaro tem melhor avaliação desde o começo do mandato | Podcast.

Vídeo Som de trombetas no céu de Israel é real?