Bolsonaro diz que insumos da CoronaVac chegarão nos próximos dias

Imagem
O presidente Jair Bolsonaro afirmou, na tarde desta segunda-feira (25), que os insumos necessários para a fabricação da vacina CoronaVac estão próximos da liberação pela China e devem chegar ao Brasil "nos próximos dias". A informação, segundo o presidente, foi repassada pela Embaixada do país asiático.  Além dos insumos da CoronaVac, o presidente disse que os ingredientes farmacêuticos ativos (IFA) da outra vacina em uso no Brasil, a produzida pela AstraZeneca em parceria com a Universidade de Oxford, também estão com trâmite acelerado para que possam ser enviados da China.  Com a chegada da matéria-prima das duas vacinas, tanto o Instituto Butantan quanto a Fundação Oswaldo Cruz poderão produzir, envasar e rotular milhões de doses da CoronaVac e do imunizante da AstraZeneca.   Também pelas redes sociais, o embaixador da China no Brasil, Yang Wanming, compartilhou a publicação de Bolsonaro e destacou que o seu país continuará a ajudar o Brasil no combate à pandemia. Nos últi

Revista 'Time' coloca Bolsonaro e Felipe Neto entre os 100 mais influentes do mundo

Divulgada a lista elaborada pela revista 'Time' com os nomes das 100 pessoas mais influentes do mundo ganhou destaque a presença de dois brasileiros. São eles: o presidente Jair Bolsonaro e o influenciador digital Felipe Neto.

Bolsonaro entrou na categoria  "Líderes" e o perfil dele informa números negativos de seu mandato, como os 137 mil mortos pelo coronavírus no Brasil, a "pior recessão em 40 anos" e os "mais de 29 mil incêndios na floresta amazônica apenas em agosto", mas também o apoio de 37% dos brasileiros.

Quem escreveu o perfil de Jair Bolsonaro foi Dan Stewart. O editor atribui o percentual de apoio ao presidente à ajuda emergencial paga aos mais pobres durante a pandemia e aos seus seguidores fervorosos.

Felipe Neto foi incluído na categoria "Ícones". Aos 32 anos, o influenciador digital ganhou destaque na revista pelo número de seguidores. Felipe tem 51 milhões de seguidores nas redes sociais - sendo 39 milhões no YouTube e 12 milhões no Twitter.

A lista dos 100 mais influentes é publicada pela revista “Time” desde 2004. (Com informações do G1).



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Crivella disse que negro só gosta de: "cachaça, prostituição e macumba"?

Bolsonaro tem melhor avaliação desde o começo do mandato | Podcast.

Vídeo Som de trombetas no céu de Israel é real?