Morte de mulher que saiu 'escondida' de hospital no Rio foi provocada por ação violenta.

Uma ação violenta seria o motivo da morte de Valéria Muniz de Carvalho, de 52 anos. Ela estava  internada no Hospital Salgado Filho, no Méier, no estado do Rio de Janeiro, com uma fratura no calcanhar e conseguiu sair sozinha do local sem que os médicos ou enfermeiros percebessem. Isso aconteceu por volta das 5h da manhã do último sábado (19). Valéria saiu pelo setor de emergência.

Conforme as investigações da Polícia Civil,  a vítima foi encontrada morta na rua Rua Miguel Angelo, no Cachambi. Porém, os familiares só tiveram conhecimento de sua morte ao procurarem informações sobre ela no Instituto Médico Legal, para onde o corpo foi levado.

O enterro de Valéria Muniz ocorreu na tarde da última quarta-feira (23), no cemitério do Pechincha. O caso está sendo investigado pela polícia."Instauramos inquérito para apurar porque realmente a situação é meio complicada, já estamos avançando na investigação. A gente já conseguiu detectar que a morte foi por ação violenta, mas a gente ainda não conseguiu concluir", disse o delegado Deoclecio de Assis, titular da 23ª DP (Méier). (Com informações do G1).


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Reinfecção por covid-19

Como comprar Bitcoin

PRINCIPAIS NOTÍCIAS DO DIA