Governo vai cobrar por SMS que 2,6 milhões de pessoas devolvam auxílio emergencial

Com objetivo de pedir aos beneficiários que receberam o auxílio emergencial irregularmente que devolvam o dinheiro aos cofres públicos, o governo federal deve enviar, ainda este mês, mensagens de celular a 2,6 milhões de pessoas que receberam o benefício sem ter direito. 

De acordo com estimativa do Ministério da Cidadania, o governo poderia reaver R$ 1,57 bilhão se cada um desses beneficiários acionados devolvesse, ao menos, uma parcela de R$ 600. Os valores constam em um ofício que foi obtido pela TV Globo.


Ainda de acordo com a pasta, cerca de 4,8 milhões de mensagens de celular "considerando a possibilidade devem ser enviadas. Além disso, será necessário enviar uma mensagem de reforço para o público que não proceder com a devolução após o recebimento da 1ª SMS".

A informação foi confirmada pelo Ministério da Economia. As mensagens serão enviadas a partir do próximo fim de semana, porque a pasta ainda aguarda a lista de contatos telefônicos. Os envios devem custar R$ 162 mil ao governo.(Com informações da TV Globo)

Comentários

Atenção! Por favor, observe que o conteúdo deste site é protegido por direitos autorais. Não é permitido o uso não autorizado do conteúdo sem a permissão prévia do autor. Caso tenha interesse em utilizar alguma parte do conteúdo, por favor, entre em contato pelo e-mail momentoverdadeiro@gmail.com para mais informações. Agradecemos a compreensão.

Seguidores

Postagens mais visitadas deste blog

Escândalo de estupro envolvendo Daniel Alves: Tatuagem expõe mentiras do jogador

Jovem relata como sobreviveu ao incêndio na Boate Kiss em Santa Maria (RS).

Vocalista da banda Gurizada Fandangueira contou sua versão sobre o incêndio na Boate Kiss.