'Estrela de Natal' se formará no céu e será visível em dezembro

O alinhamento entre Júpiter e Saturno, fenômeno que não acontece há 800 anos, vai se repetir no dia 21 de dezembro de 2020.  Ele criará um ponto de luz radiante que é conhecido como “estrela de Belém” ou “estrela do Natal”.

Segundo o astrônomo Patrick Hartigan, em entrevista a Forbes, o alinhamentos dos dois planetas é extremamente raro. "Ocorre uma vez a cada 20 anos ou mais, mas essa conjunção é excepcionalmente rara por causa de quão próximos os planetas parecerão estar um do outro. Você teria que voltar até pouco antes do amanhecer de 4 de março de 1226 para ver um alinhamento visível desse no céu noturno”, afirmou.

A última vez que o alinhamento desses planetas ocorreu e causou o fenômeno foi na Idade Média. Os planetas estarão mais próximos no dia 21 de dezembro, mas a “Estrela do Natal” será visível de qualquer lugar do planeta por cerca de uma hora após o pôr do sol no hemisfério norte durante toda a quarta semana de dezembro.

A próxima vez que o evento deve ocorrer só será em 15 de março de 2080, afirma o especialista. (Com informações do portal iG).



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Reinfecção por covid-19

Como comprar Bitcoin

PRINCIPAIS NOTÍCIAS DO DIA