Com mais Fachins, Lava Jato teria chegado muito mais longe

O procurador Deltan Dallagnol disse ter ficado surpreso com a decisão do ministro do STF Edson Fachin de anular as condenações do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), mas afirmou acreditar que a operação teria "chegado muito mais longe" se o ministro tivesse sido mais seguido pelos colegas de Supremo Tribunal Federal. 

Em entrevista ao portal UOL, o coordenador da extinta força-tarefa da Lava Jato também disse crer que a decisão do ex-juiz Sergio Moro de deixar a magistratura para ingressar no governo de Jair Bolsonaro (sem partido) "alimentou narrativas equivocadas" sobre a Lava Jato. Por conta desse movimento, Moro é alvo de uma ação no STF que pode considerá.

Sobre as mensagens hackeadas de conversas dele com colegas da Lava Jato e com Moro, o procurador diz que elas podem ter sido adulteradas. Ele também não vê nada de errado na relação dos procuradores com Moro. Leia a entrevista completa no portal UOL - aqui

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Reinfecção por covid-19

Como comprar Bitcoin

PRINCIPAIS NOTÍCIAS DO DIA