Polícia interrompe balada clandestina com 500 pessoas em São Paulo

Balada na Zona Sul reuniu cerca de 500 pessoas — Foto: Polícia Civil / Divulgação
Em meio ao novo pico da pandemia de coronavírus, a Polícia Civil de São Paulo interrompeu uma festa com cerca de 500 pessoas na madrugada deste sábado (13). O evento clandestino era realizado na região do Capão Redondo, Zona Sul da cidade.

Na balada estavam muitos jovens, a maioria sem máscaras de proteção. O organizador da festa foi levado para a unidade do Departamento de Polícia de Proteção à Cidadania (DPPC) para prestar depoimento. Segundo o delegado Eduardo Brotero, o responsável pela festa irá responder por crime contra a saúde pública e por não respeitar as leis da Vigilância Sanitária.

Uma denúncia anônima levou a polícia ao local. Festas e aglomerações estão proibidas em todo o estado de São Paulo. (Com informações do G1)

Balada na Zona Sul reuniu cerca de 500 pessoas — Foto: Polícia Civil / Divulgação



Comentários

Atenção! Por favor, observe que o conteúdo deste site é protegido por direitos autorais. Não é permitido o uso não autorizado do conteúdo sem a permissão prévia do autor. Caso tenha interesse em utilizar alguma parte do conteúdo, por favor, entre em contato pelo e-mail momentoverdadeiro@gmail.com para mais informações. Agradecemos a compreensão.

Seguidores

Postagens mais visitadas deste blog

Escândalo de estupro envolvendo Daniel Alves: Tatuagem expõe mentiras do jogador

Jovem relata como sobreviveu ao incêndio na Boate Kiss em Santa Maria (RS).

Vocalista da banda Gurizada Fandangueira contou sua versão sobre o incêndio na Boate Kiss.