Operação no Jacarezinho deixou 25 pessoas mortas

Rio de Janeiro - Moradores do Jacarezinho relataram abusos e muitas mortes durante uma operação das polícias Civil e Militar na favela, na Zona Norte da cidade, na manhã desta quinta-feira (6). 

Pelas redes sociais, houve denúncias de que houve mais mortes do que as 24 oficialmente contabilizadas de suspeitos durante a operação. No começo da manhã um policial civil foi morto, baleado na cabeça.

Além da invasão de casas, moradores afirmaram ter havido casos de celulares confiscados. A situação vai ser acompanhada pela Comissão de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil no Rio de Janeiro e também pela ouvidoria da Defensoria Pública do Estado.

Integrantes do coletivo Mães de Manguinhos, formado por familiares de pessoas mortas pela polícia no RJ, descrevem “o horror” vivido nesta quinta no Jacarezinho. Segundo elas, há corpos espalhados pelo chão em vielas da comunidade. Com informações do portal G1.

Comentários

Postagens mais visitadas