Brasileiro preso na Tailândia por tráfico de drogas manda áudio a amigos: "Não vou sair dessa"

Momento Verdadeiro - Bem diferente do Brasil, na Tailândia o tráfico de drogas pode ser punido com pena de morte, dependendo da quantidade de droga e das circunstâncias. Isso torna bem complicada a  situação de pessoas que são presas com drogas lá.

Foi exatamente o que aconteceu com o jovem Jordi Vilsinski Beffa, 23 anos, e outros dois brasileiros. A jovem Mary Hellen Coelho Silva, de 21 anos, e  homem, de 27 anos, que não teve o nome divulgado. Eles foram flagrados com 15,5 quilos de cocaína.

Porém,  de acordo com o advogado de Jordi, ele não conhecia os outros dois presos. Dr. Petrônio Cardoso disse, em entrevista ao g1, que os parentes não sabiam da viagem internacional. 

Segundo ele, o jovem saiu de casa no dia 11, dizendo que viajaria para Balneário Camboriú, em Santa Catarina. Mas acabou preso por tráfico de drogas no aeroporto de Bangkok, na Tailândia.

Recentemente, por meio de mensagens, Jordi Vilsinski Beffa pediu que os amigos cuidassem da família dele, caso não consiga voltar. "Qualquer coisa, cuida dos meus aí. Tá bom. Obrigado, irmão. Abraço. Não vou sair dessa", disse Jordi.

O Itamaraty disse que acompanha a situação e presta assistência aos brasileiros.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Reinfecção por covid-19

Como comprar Bitcoin

PRINCIPAIS NOTÍCIAS DO DIA