Augusto Aras volta a pedir ao STF arquivamento de inquérito contra Bolsonaro

O inquérito por suspeita de prevaricação no caso da importação da vacina indiana Covaxin deveria ser arquivado, esse é o entendimento do  procurador-geral da República, Augusto Aras. Porém, a ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal, não tem o mesmo entendimento do procurador. 

A ministra negou o pedido de arquivamento do inquérito. Rosa Weber entende que não há espaço para inércia ou liberdade para o presidente deixar de agir no controle de atos administrativos ou suposta prática de crimes no governo.

Mesmo assim, recentemente, Augusto Aras pediu a reconsideração da decisão que negou o arquivamento do inquérito contra Bolsonaro.  No início do ano, a Polícia Federal concluiu o inquérito sem sugerir o indiciamento de Bolsonaro. O chefe do Ministério Público também constatou falta de tipicidade e solicitou o arquivamento do feito.

Porém, Rosa Weber negou o pedido do procurador considerando que não seria possível descartar a análise com base na argumentação dele, mas seria necessário analisar se o arquivamento seguiu as regras da legislação. 

(Momento Verdadeiro com informações da  Conjur)


Partidos querem cassação de Eduardo Bolsonaro por referência irônica contra Miriam Leitão

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Reinfecção por covid-19

Como comprar Bitcoin

PRINCIPAIS NOTÍCIAS DO DIA