Augusto Aras volta a pedir ao STF arquivamento de inquérito contra Bolsonaro

O inquérito por suspeita de prevaricação no caso da importação da vacina indiana Covaxin deveria ser arquivado, esse é o entendimento do  procurador-geral da República, Augusto Aras. Porém, a ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal, não tem o mesmo entendimento do procurador. 

A ministra negou o pedido de arquivamento do inquérito. Rosa Weber entende que não há espaço para inércia ou liberdade para o presidente deixar de agir no controle de atos administrativos ou suposta prática de crimes no governo.

Mesmo assim, recentemente, Augusto Aras pediu a reconsideração da decisão que negou o arquivamento do inquérito contra Bolsonaro.  No início do ano, a Polícia Federal concluiu o inquérito sem sugerir o indiciamento de Bolsonaro. O chefe do Ministério Público também constatou falta de tipicidade e solicitou o arquivamento do feito.

Porém, Rosa Weber negou o pedido do procurador considerando que não seria possível descartar a análise com base na argumentação dele, mas seria necessário analisar se o arquivamento seguiu as regras da legislação. 

(Momento Verdadeiro com informações da  Conjur)


Partidos querem cassação de Eduardo Bolsonaro por referência irônica contra Miriam Leitão

Comentários

Atenção! Por favor, observe que o conteúdo deste site é protegido por direitos autorais. Não é permitido o uso não autorizado do conteúdo sem a permissão prévia do autor. Caso tenha interesse em utilizar alguma parte do conteúdo, por favor, entre em contato pelo e-mail momentoverdadeiro@gmail.com para mais informações. Agradecemos a compreensão.

Seguidores

Postagens mais visitadas deste blog

Escândalo de estupro envolvendo Daniel Alves: Tatuagem expõe mentiras do jogador

Jovem relata como sobreviveu ao incêndio na Boate Kiss em Santa Maria (RS).

Com muita tristeza, anunciamos a morte da lendária jornalista Glória Maria