Motorista do carro alegórico que imprensou menina mentiu em depoimento

Por que será que o motorista do carro alegórico que imprensou a menina Raquel Antunes mentiu em seu depoimento? Isso é o que a delegada Maria Aparecida Mallet, que investiga a morte da menina de apenas 11 anos, quer esclarecer.  

De acordo com a delegada, várias crianças estavam brincando próximo ao veículo ao contrário do que disse o condutor em depoimento na delegacia. À polícia, o motorista, que não teve a identidade revelada, disse que não viu crianças em cima do carro, deu a partida e prosseguiu com o reboque da alegoria. Câmeras de segurança, entretanto, indicam o contrário, que naquele momento havia várias crianças no carro, não apenas Raquel.

A delegada também disse à TV Globo que várias testemunhas prestaram depoimento, mas que ainda falta os familiares irem à unidade contar a versão deles sobre o caso. A polícia marcou para segunda-feira (25) o depoimento do auxiliar da empresa Carvalhão, que servia como guia do caminhão que puxava o carro alegórico no momento do acidente. 

O caso, a princípio, é investigado com sendo homicídio culposo, quando não há intenção de matar. Segundo a delegada, ainda é prematuro apontar culpados.

(Com informações do portal G1)

Bolsonaro perdoa Daniel Silveira e joga decisão do STF no lixo

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Reinfecção por covid-19

Como comprar Bitcoin

PRINCIPAIS NOTÍCIAS DO DIA