Valdemar diz que campanha de Bolsonaro será "cara": R$ 17 mil por hora de combustível de avião

Momento Verdadeiro  - Oficialmente ainda não temos candidatos, mas a maioria dos partidos já estão se planejando financeiramente para participar da corrida eleitoral este ano. Nesta quarta-feira,  após um encontro em Brasília com pré-candidatos do partido em Santa Catarina, o presidente do PL, Valdemar Costa Neto, disse que a campanha de Bolsonaro à reeleição será "cara".

Segundo Valdemar, só com combustível para avião serão gastos R$ 17 mil por hora. "Parece que são R$ 17 mil por hora só com combustível. Ele vai ter que usar avião todo dia. Nós temos que dar preferência para ele. Agora, nós temos que ter doação, nós temos que partir em cima disso", afirmou Costa Neto.

No fim do ano passado, Bolsonaro se filiou ao PL, partido do chamado "Centrão", pelo qual deve disputar a reeleição para a Presidência da República. Diferentemente das eleições de 2018, quando Bolsonaro declarou ter gastado R$ 2,8 milhões, neste ano, as despesas com eventos de campanha devem superar essa quantia.

Atualmente, doações de empresas para campanhas eleitorais estão proibidas. Com isso, as campanhas devem ser custeadas com verba do fundo eleitoral, recursos próprios e com doações de pessoas físicas, observados os limites previstos em lei. (Com informações do g1).

Lula sugere que militância pressione deputados e familiares em casa

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Reinfecção por covid-19

PRINCIPAIS NOTÍCIAS DO DIA

Como comprar Bitcoin