Motorista atropela e mata modelo de 24 anos em Vitória

A ciclista Luísa Lopes morreu aos 24 anos de idade depois de ter sido atropelada na noite da última sexta-feira(15) em Vitória, no Espírito Santo. Um triste fato que causou comoção e ao mesmo tempo revolta. Isso porque a motorista que atropelou a vítima parecia estar mais preocupada com o seu carro do que a vida da modelo.

Ao ser indagada pelos policiais se tinha consciência de que tinha se envolvido em um acidente de trânsito que teve como consequência a morte de uma jovem,  a corretora Adriana Felisberto Pereira respondeu: "Eu tenho. Quero meu carro pra trabalhar e olha como meu carro está".

Uma policial então advertiu à corretora de imóveis que ela parecia estar mais preocupada com o carro, mas tinha acabado de estourar a cabeça de uma jovem. Adriana então respondeu que estourou a cabeça da modelo porque ela tinha passado na frente de seu carro. Como alguém em sã consciência tem coragem de falar isso? O vídeo com as respostas da motorista foi divulgado pelo portal de notícias G1

Apesar de se recusar a fazer o teste do bafômetro, Adriana foi levada ao presídio por dirigir embriagada. Mas não permaneceu muito tempo presa, pois na audiência de custódia, a Justiça decidiu liberá-la para que responda ao processo em liberdade.

O juiz entendeu que com base no auto de prisão em flagrante registrado os policiais teriam recebido informações no local do acidente de que a vítima teria sido atropelada por outro carro e arremessada contra o automóvel de Adriana. Nesse caso, o magistrado estipulou uma fiança de R$ 3 mil e determinou que a corretora de imóveis não poderá deixar a Grande Vitória nem frequentar bares e boates.

O advogado da corretora ainda não se pronunciou sobre o caso.

(Momento Verdadeiro com informações do G1)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Reinfecção por covid-19

Como comprar Bitcoin

PRINCIPAIS NOTÍCIAS DO DIA