Pedido de investigação de Bolsonaro contra Moraes é rejeitado

O presidente Jair Bolsonaro até tentou dificultar um pouco a vida do ministro Alexander de Moraes do Supremo Tribunal Federal. Mas ainda não será deste vez! Isso porque o ministro Dias Toffoli rejeitou, nesta quarta-feira (18), o pedido de investigação apresentado pelo presidente contra Moraes.

Neste terça-feira, Bolsonaro apresentou a notícia-crime alegando suposto abuso de autoridade por parte de Alexandre de Moraes. Bolsonaro argumenta que o chamado inquérito das fake news, no qual é investigado, não se justifica.

Toffoli disse que considerando-se que os fatos narrados não constituem crime, não há justa causa para o prosseguimento do feito. O ministro ainda deixou claro em sua decisão que não há crime na conduta de Alexandre de Moraes e que o fato de o ministro ser o relator do inquérito das fake news "não é motivo para concluir que teria algum interesse específico, tratando-se do regular exercício da jurisdição".

Dias Toffoli ressaltou ainda que o estado democrático de direito impõe a todos deveres e obrigações e que um juiz não pode ser transformado em réu "pelo simples fato de ser juiz". Segundo o ministro, a maioria das alegações de Bolsonaro é matéria de defesa, isto é, deve ser apresentada nos inquéritos aos quais o presidente responde. Com informações do portal g1.

Comentários

Postagens mais visitadas