Corinthians bate Palmeiras em 1º jogo da semi do Brasileirão Feminino

Jogando em casa, na Neo Química Arena, em São Paulo, para um público mais de 13 mil pessoas, o Corinthians largou na frente na semifinal do Brasileirão Feminino (Série A1) ao bater o rival Palmeiras por 2 a 1 neste sábado (27). Os gols das Brabas - apelido do time feminino do Corinthians - foram marcados por Adriana e Jaqueline, enquanto Camilinha fez para as Palestrinas. Com o resultado, o Alvinegro paulista precisa apenas de um empate para avançar à sua sexta decisão consecutiva na competição e assim tentar o quarto título. Já as Palestrinas necessitam de uma vitória: se for por um gol de diferença, a vaga será definida nos pênaltis. Qualquer outra margem classifica as Brabas.

A história da partida foi alterada antes dos dois minutos de bola rolando. Adriana recebeu pela esquerda, ajeitou para a perna direita e chutou colocado para encobrir a goleira Jully e fazer um golaço para o Corinthians. O Palmeiras, dono da melhor campanha na primeira fase, via as coisas se complicarem desde o início.

Em um primeiro tempo de melhores chances para as Brabas - Adriana quase marcou novamente em jogada muito parecida com a do primeiro gol - o Palmeiras foi cirúrgico. Aos 40 minutos, Bia Zaneratto enfiou bola perfeita em profundidade para Camilinha. Ela ajeitou o corpo e bateu cruzado de primeira, com a perna esquerda, vencendo a goleira Lelê.

As Palestrinas respiraram com a igualdade, mas repetiu o mesmo equívoco da primeira etapa ao retornar do vestiário. Com dois minutos, após cobrança de escanteio da direita, Adriana desviou para o meio da área e Jaqueline completou para as redes, fazendo 2 a 1 para o Corinthians.

O segundo tempo teve chances importantes das duas equipes, mas acabou sendo marcado por um lance fora das quatro linhas. Integrantes das duas comissões técnicas se desentenderam quando o jogo estava na reta final e a partida ficou paralisada por um bom tempo. O saldo: duas expulsões no banco do Palmeiras (incluindo o técnico Ricardo Belli) e uma no Corinthians, cujo técnico Arthur Elias recebeu o cartão amarelo. Além disso, mais 11 minutos de acréscimos.

As Brabas seguraram a vantagem e agora jogam por um empate na partida de volta, no dia 10 de setembro, no Allianz Parque. (Agência Brasil)

Comentários

Postar um comentário

Não divulgamos links.Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do M.V News.

Postagens mais visitadas deste blog

Reinfecção por covid-19

Como comprar Bitcoin

PRINCIPAIS NOTÍCIAS DO DIA