Presidente do TSE manda redes sociais tirarem do ar post de Latino com fake news sobre Lula

Redes sociais (Youtube, Twitter ...) devem retirar do ar uma publicação feita pelo cantor Latino com fake news sobre o ex-presidente Lula (PT) por determinação do ministro Alexandre de Moraes, presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Latino, que é bolsonarista declarado, publicou uma mensagem insinuando que, se Lula for eleito, meninas e meninos passarão a frequentar o mesmo banheiro nas escolas. A campanha de Lula, então, acionou o TSE e pediu que o conteúdo fosse retirado do ar. Ao analisar o pedido, Alexandre de Moraes entendeu que a publicação busca "desinformar a população acerca de temas sensíveis".

"A Constituição Federal não autoriza, portanto, a partir de mentiras, ofensas e de ideias contrárias à ordem constitucional, à Democracia e ao Estado de Direito, que os pré-candidatos, candidatos e seus apoiadores propaguem inverdades que atentem contra a lisura, a normalidade e a legitimidade das eleições", escreveu Moraes. (com informações do G1)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Professor Xavier e Magneto se casaram?

Morre Mauricio Torres, apresentador do "Esporte Fantástico".

PRINCIPAIS NOTÍCIAS DO DIA