Argentina bate Austrália e avança para enfrentar Holanda

Durante praticamente os primeiros 80 minutos de jogo, a Argentina pareceu ter o controle do duelo de oitavas de final da Copa do Mundo do Catar diante da Austrália, no Estádio Ahmad Bin Ali neste sábado (3). Abriu 2 a 0 e não corria grandes riscos. Porém, dali em diante viveu momentos dramáticos até garantir a classificação por 2 a 1. A seleção sul-americana passou por um pequeno sufoco até literalmente o último lance, quando o goleiro Emiliano Martínez fez grande defesa em chute de Kuol à queima-roupa. Agora, tem encontro marcado com a Holanda na próxima sexta-feira (9) pelas quartas de final.

Os gols da vitória argentina foram marcados por Lionel Messi e Julián Álvarez. Craig Goodwin diminuiu para os australianos.

No jogo mil da carreira, gol de Messi

Independentemente do que acontecesse em campo, o duelo pelas oitavas de final representaria um marco na carreira de um dos maiores jogadores da história do futebol mundial. Lionel Messi completou mil jogos na carreira profissional.

Nada mais justo, então, que o primeiro acontecimento digno de destaque na partida tenha vindo dele. Em um primeiro tempo de muito estudo e poucas oportunidades, coube a Messi abrir o placar já aos 35 minutos. Ele cobrou escanteio pela direita. Mac Allister recebeu e tentou acionar Otamendi dentro da área. O domínio incompleto do zagueiro acabou ajeitando a bola à feição da perna esquerda de Messi, que, assim como fez outras tantas vezes na carreira, finalizou com categoria para bater o goleiro Matthew Ryan. Foi o gol de número 789 da carreira do craque.

2º tempo morno até final eletrizante

Mesmo em desvantagem no placar, a Austrália não adotou postura mais agressiva ao voltar dos vestiários. No entanto, a seleção não contava com um tiro no próprio pé proporcionado pelo goleiro Matthew Ryan aos doze minutos. Ele recebeu bola recuada e, pressionado por De Paul, tentou driblar o jogador argentino. Julián Álvarez roubou a bola e chutou para o gol vazio, ampliando a vantagem argentina no placar.

Por mais 20 minutos, embora estivesse dando adeus à Copa, a Austrália não conseguiu levar perigo ao gol adversário. Porém, em um lance de sorte, voltou para o jogo.

Aos 32, Goodwin pegou sobra da defesa e chutou forte. A bola, que parecia ter o destino das arquibancadas, acertou Enzo Fernández e o desvio matou completamente o goleiro Emiliano Martínez, decretando o 2 a 1.

Com nova vida em campo, a seleção australiana se encheu de coragem. Não criou muitas oportunidades, mas quando chegou causou extrema preocupação à torcida da Argentina. Poucos minutos depois do gol, o lateral Behich fez jogada de craque pela esquerda, passando por ao menos três adversários. Quando já estava de frente para o gol, praticamente na pequena área, seu chute foi bloqueado por Lisandro Martínez, evitando o que seria um golaço.

Pouco a pouco, a Argentina conseguiu respirar e até levar mais perigo do que o adversário que necessitava do gol. Em diversos contra-ataques, os jogadores argentinos surgiram com liberdade mas pecaram nas finalizações. Lautaro Martínez perdeu gol feito após passe de Messi, que também desperdiçou uma chance.

No último lance da partida, praticamente ao fim dos sete minutos de acréscimo, um último susto para os argentinos. Após bola levantada na área, Kuol dominou e ficou de frente para o gol. No entanto, o goleiro Emiliano Martínez saiu de forma corajosa e, com os braços, praticamente fechou o ângulo, fazendo uma importante e difícil defesa com o braço esquerdo.

Aliviados, os argentinos se jogaram no chão com o apito final, que garantiu a classificação às quartas, algo que a seleção não conseguiu em 2018, quando caiu nas oitavas para a França, que seria a campeã.

A Holanda, adversária da Argentina em outras cinco partidas na história das Copas, será o obstáculo nas quartas (assim como em 1998, quando deu Holanda). O duelo acontece na sexta-feira (9), às 16h de Brasília, no Estádio de Lusail.

Agência Brasil

Comentários

Atenção! Por favor, observe que o conteúdo deste site é protegido por direitos autorais. Não é permitido o uso não autorizado do conteúdo sem a permissão prévia do autor. Caso tenha interesse em utilizar alguma parte do conteúdo, por favor, entre em contato pelo e-mail momentoverdadeiro@gmail.com para mais informações. Agradecemos a compreensão.

Seguidores

Postagens mais visitadas deste blog

Escândalo de estupro envolvendo Daniel Alves: Tatuagem expõe mentiras do jogador

Jovem relata como sobreviveu ao incêndio na Boate Kiss em Santa Maria (RS).

Vocalista da banda Gurizada Fandangueira contou sua versão sobre o incêndio na Boate Kiss.