Estrelas da última Copa do Mundo lamentam morte de Pelé

A morte de Pelé foi lamentada pelos jogadores que brilharam na última edição da Copa do Mundo, que chegou ao final há pouco mais de uma semana no Catar. “Diria que, antes de Pelé, o futebol era apenas um esporte. Pelé mudou tudo. Transformou o futebol em arte, em entretenimento”, afirmou o atacante Neymar, nesta quinta-feira (29), em publicação em seu perfil em uma rede social.

O jogador do PSG (França) também destacou o fato de que o Rei do Futebol mudou a forma como o futebol brasileiro passou a ser visto no mundo: “[Pelé] deu visibilidade ao Brasil. O futebol e o Brasil elevaram seu status graças ao Rei! Ele se foi, mas a sua magia permanecerá. Pelé é eterno”.

Já o craque argentino Lionel Messi, peça fundamental na campanha do tricampeonato mundial da Argentina e eleito o craque da Copa do Catar, foi curto em uma mensagem no Instagram: “Descanse em paz Pelé”.

Outra estrela do futebol atual, o francês Kylian Mbappé, também desejou que o Rei do Futebol descanse em paz. Mas também afirmou que o legado deixado pelo eterno camisa 10 da seleção brasileira jamais será apagado: “O Rei do Futebol nos deixou, mas o seu legado jamais será esquecido”.

O português Cristiano Ronaldo também se pronunciou sobre a perda de Pelé. Em mensagem em suas redes sociais ele demonstrou o seu carinho pelo povo brasileiro neste momento: “Meus profundos sentimentos a todo o Brasil, e em particular à família do senhor Edson Arantes do Nascimento. Um mero adeus ao eterno Rei Pelé nunca será suficiente para expressar a dor que abraça neste momento todo o mundo do futebol. Uma inspiração para tantos milhões, uma referência de ontem, hoje e sempre. O carinho que sempre demonstrou por mim foi recíproco em todos os momentos que partilhamos, mesmo à distância. Jamais será esquecido e a sua memória perdurará para sempre em cada um de nós, amantes de futebol. Descansa em paz, Rei Pelé”.

Já o atacante brasileiro Richarlison, que foi o autor do gol mais bonito da Copa do Catar, na vitória de 2 a 0 do Brasil sobre a Sérvia (2 a 0), afirmou que o futebol se despediu do seu capítulo mais bonito: “Você sempre será o maior, porque há 60 anos, com todas as dificuldades que enfrentava, já fazia o que alguns poucos conseguem fazer hoje em dia. O cara que dedicou seu milésimo gol às crianças e fez nosso país descobrir que podia muito mais. Você é e sempre será incomparável, Rei. Você é eterno”.

Agência Brasil

Comentários

Atenção! Por favor, observe que o conteúdo deste site é protegido por direitos autorais. Não é permitido o uso não autorizado do conteúdo sem a permissão prévia do autor. Caso tenha interesse em utilizar alguma parte do conteúdo, por favor, entre em contato pelo e-mail momentoverdadeiro@gmail.com para mais informações. Agradecemos a compreensão.

Seguidores

Postagens mais visitadas deste blog

Escândalo de estupro envolvendo Daniel Alves: Tatuagem expõe mentiras do jogador

Jovem relata como sobreviveu ao incêndio na Boate Kiss em Santa Maria (RS).

Vocalista da banda Gurizada Fandangueira contou sua versão sobre o incêndio na Boate Kiss.