Notícias: Atualidades, Celebridades, Esporte, Concurso Público(...)

domingo, 16 de junho de 2013

"Carrossel": Cirilo vence corrida com ajuda de Maria Joaquina.

- Divulgação -
- Publicidade -
O SBT liberou o resumo da semana de Carrossel. Nos próximos capítulos, Jorge vai sabotar o carro de Cirilo, mas o garoto vence a corrida com ajuda de Maria Joaquina. Leia abaixo:

Na segunda-feira, dia 17 - José avisa ao filho que seus amigos estão unidos para construir um novo carro para ele participar da corrida. Cirilo fica animado ao saber da notícia. Jorge recebe uma carta, assinado como ‘Senhor D’, avisando que Cirilo não será o único adversário do riquinho. O garoto fica preocupado. A notícia de um terceiro corredor se espalha e as crianças ficam surpresas e se perguntam quem é o misterioso corredor ‘D’. Na oficina de Rafael, Cirilo acha estranho não ter recebido a mesma carta. As crianças acreditam que isso seja uma mentira de Jorge para assustar Cirilo.

Rafael começa a montar o carro para o garoto. Laura pede ajuda a Valéria para reunir todas as meninas. A garota quer juntar os laços para dar sorte a Cirilo. Jorge procura o mecânico conhecido como Graxa Preta (Nilton Moraes) para que revise seu carro. As crianças ficam preocupadas ao ver a simplicidade do automóvel que Rafael preparou, mas o mecânico garante que o motor é tão potente quanto o outro. Cirilo resolve testar o carro, mas o automóvel desmonta assim que ligado. Cirilo pensa em desistir. Todos tentam animá-lo. Jorge e Maria Joaquina conversam sobre a corrida e o riquinho afirma que irá ganhar. Cirilo demonstra preocupação, pois não tem agilidade no volante. Rafael, Renê, José e Jurandir dão dicas para o garoto, que agradece toda a ajuda.

Xbox: Microsoft retira bloqueio e restrições para jogos usados.

Paulo, Mário e Kokimoto armam um plano para contar a Jorge que Cirilo vai participar da corrida. Na casa de Valeria, Cirilo recebe d e Laura os laços que as meninas prepararam para lhe dar boa sorte, porém fica faltando o laço da Maria Joaquina. O garoto agradece a amizade das amigas. Jorge avisa o pai que talvez Cirilo não participe mais da corrida, pois seu carro quebrou. Alberto tem a ideia de adiar a corrida, mas o riquinho diz que não. Em frente à casa da família Cavalieri, os meninos da Patrulha Salvadora fazem uma passeata e avisam que Cirilo participará da corrida. Jorge fica irritado.

MEC divulga lista de aprovados na 1ª chamada do Sisu.

Na terça-feira, dia 18 - José vai à oficina de Rafael, os dois passarão a madrugada arrumando o carro de Cirilo. Em sua casa, o ingênuo garoto não consegue dormir. Cirilo imagina Jorge ganhando a corrida e todos os seus amigos torcendo pelo riquinho e zombando dele. O menino tem medo de ganhar e não conseguir fazer Maria Joaquina gostar dele. No dia seguinte, Rafael consegue terminar o carro de Cirilo. Maria Joaquina entrega a Miguel um envelope e pede para que ele entregue ao Cirilo. A menina jura que não é nenhuma carta que irá magoar o garoto. Cirilo fica surpreso ao ver o carro consertado. Rafael fica preocupado, pois percebe que o automóvel ainda está com problema. O mecânico promete que irá arrumar o que falta, mas no fundo sabe que será difícil.

Chega a hora da corrida e todos chegam para acompanhar a disputa. Jorge e Cirilo testam os carros na pista e se posicionam para começar. Miguel vai ao encontro de Cirilo e avisa que Maria Joaquina só vai chegar no final da corrida, mas entrega o envelope ao garoto. Ao abrir, para sua surpresa, Cirilo encontra o laço de Maria Joaquina e fica extremamente feliz. Rafael diz que o motor de Jorge está perfeito e que ele está preocupado com o barulho que o carro está fazendo. Laura vê os amigos de Jorge, fica desconfiada e lembra que foram eles que pediram para dar uma volta no carro de Cirilo. Cirilo e Jorge se preparam para a corrida. As meninas questionam a falta do misterioso corredor ‘D’.

Helena dá a largada, Cirilo deseja boa sorte a Jorge que o destrata. A corrida começa e todos ficam com muita expectativa. A corrida fica acirrada entre eles, Jorge ultrapassa Cirilo. Alberto observa o filho e nota que Jorge está tentando sabotar o seu adversário. O riquinho derruba água e solta fumaça na pista para atrapalhar Cirilo, que bate o carro. Surge na pista o corredor ‘D’, que ajuda o garoto a voltar para a corrida. Os meninos da Patrulha Salvadora sentem a falta de Daniel e desconfiam que ele possa ser o ‘Senhor D’. Jorge tenta armar mais uma armadilha, mas seu painel queima e Cirilo consegue ultrapassá-lo. O corredor ‘D’ também ultrapassa Jorge. O motorista misterioso o atrapalha para que ele não vença a corrida. Cirilo chega em primeiro lugar, tornando-se o campeão da corrida. Todos comemoram.

Na quarta-feira, dia 19 - Ainda na pista, as crianças comemoram a vitória de Cirilo, mas ficam curiosas pra saber quem é o misterioso corredor ‘D’. Cirilo agradece a ajuda do corredor e lhe convida para fazer parte da Patrulha Salvadora. O piloto misterioso tira o capacete e balançando os cabelos revela, para a surpresa de todos, ser Maria Joaquina. Sorridente, ela agradece o convite de Cirilo e diz que acha que os outros meninos não vão gostar de sua entrada na Patrulha. Cirilo, como os demais, fica sem reação ao vê-la de maneira tão gentil. As crianças fazem perguntas para Maria Joaquina, que explica que aprendeu a dirigir com um primo, dono do carro, que emprestou o automóvel para ela participar da corrida. As meninas comemoram e abraçam a amiga.

Cirilo pede para os pais fazerem uma festa para comemorar sua vitória, eles concordam e convidam todos. Cirilo faz questão de convidar Maria Joaquina e seus pais. Ela não está animada para ir, mas seus pais fazem questão. Jorge fica irritado com a derrota e decide procurar um advogado para pleitear a vitória da corrida, mas o advogado se recusa. Enquanto isso, na casa de Cirilo, a festa acontece, mas o menino está mesmo na expectativa da chegada de Maria Joaquina. Quando ela chega acompanhada dos pais, Cirilo arregala os olhos e parece não acreditar. Ele fica muito feliz. Maria Joaquina diz para as amigas que realmente mudou e evoluiu sua maneira de pensar: “Antes, se eu entrasse nessa casa já estaria me coçando. Mas hoje eu vejo que é uma casa pobre, mas é bem legal”, conta.

Cirilo pergunta se ela o ajudou porque queria que ele ganhasse ou se foi para o Jorge perder. Ela diz que em primeiro lugar não achou justo ele ganhar sabendo que Jorge iria sabotar e em segundo, acha Cirilo um menino muito legal. Cirilo fica encantado e antes dela ir embora, ajoelha aos seus pés e agradece sua presença na festa. Os pais de Cirilo contam para ele que estão pensando em mudar de casa. Suzana vai ao colégio em pleno domingo para mandar um e-mail do computador da diretora Olívia. Ela envia uma foto de Helena e Renê se beijando na boca e escreve um texto questionando a postura da escola. O e-mail é enviado para todos os pais dos alunos da escola.

Suzana só não contava que seria vista por Firmino, que estranha sua presença na Escola Mundial no final de semana. As reações dos pais são variadas ao ver o e-mail. Passados cinco dias, Olívia está investigando quem enviou o e-mail para os pais. A diretora não aguenta mais receber ligações exigindo explicações sobre o tal e-mail. Suzana tenta convencer Olívia a desistir de descobrir o culpado que enviou o e-mail aos pais e sugere que ela puna os verdadeiros culpados, Renê e Helena. A vilã ainda diz que Renê foi vítima e que Helena que sempre se ofereceu para o professor.

Leia também:
Menino de 11 anos engravidou mulher de 36 anos.

Na quinta-feira, dia 20  -  Helena dá aula preocupada. Firmino e Graça chegam à conclusão que o texto das fotos foram descontextualizados para prejudicar Helena. Olívia chama Renê para conversar na sala. As crianças tentam consolar Helena. O professor passa na sala de Helena e diz que acha que será mandado embora. Valéria está no banheiro e escuta Suzana falando sozinha. A megera diz que não gosta de Helena e que se ela quer ficar com Renê, também ficará sem o emprego. Suzana vê Valéria e tenta coibir a menina a não dizer nada o que ouviu. Olívia ouve as explicações de Renê e diz que ele pode estar dizendo a verdade, mas os pais não irão compreender. Suzana rasga o diário de classe de Helena na frente de Valéria e diz que irá incriminá-la e assim acabar com ela e Helena de uma só vez. Olívia demite Renê.

Paulo e Kokimoto armam mais uma e colocam pimenta no lanche da merenda da escola. Todos pulam e gritam no pátio após comerem o lanche. Olívia, que iria falar com Helena, resolve ver o que está acontecendo no pátio. Ela fica brava com a bagunça que vê e pede explicações. Laura tenta dizer que colocaram pimenta no lanche. A diretora experimenta o lanche e passa a entender o motivo daquela baderna toda. A diretora grita pedindo água. Enquanto isso, na sala da diretora, Suzana entra empurrando Valéria, mas para surpresa da professora, se depara com Helena. Suzana diz que Valéria rasgou o diário de classe, mas a menina diz que é mentira. Helena diz que Valéria não faria isso. Valéria diz que não teria motivo pra rasgar ou querer alterar sua nota, pois havia passado de ano com boas notas. A menina revela ainda que descobriu que Suzana foi quem mandou o e-mail do beijo.

Helena parece não acreditar no que ouve. Suzana diz que só Helena pra ser mais burra que uma menina de 9 anos. A vilã ainda chama Valéria de maldita, fazendo com que Helena diga que não admite que ela fale assim sua aluna. Irônica, Suzana pergunta: “A princesinha ficou nervosa? Acordou pra vida?”. Enquanto isso, Paulo e Kokimoto caem na própria armadilha, comem o lanche apimentado e saem gritando. O senhor Morales chega no colégio e fica assustado com tanta correria, gritos e principalmente ao se deparar com Olívia bebendo água em um galão de 20 litros. Na sala da diretora, Suzana diz que esse tempo fingiu que havia entendido Helena, mas que não gosta dela. Valéria vai até o microfone da sala de Olívia e discretamente o liga para que através dos alto-falantes espalhados pela escola, Suzana seja desmascarada e todos escutem o que ela diz. A vilã não percebe e diz que o professor Renê é dela. Helena diz que ela e Renê se amam. Suzana se irrita e manda a professora calar a boca e não repetir mais isso. Suzana diz ainda que não é inocente, mas sim esperta.

A vilã revela que foi ela quem armou todos os desencontros da Helena com Renê e que foi ela quem tirou a foto e mandou para todos os pais. Morales e a diretora escutam tudo do pátio e ficam chocados. Renê entra na sala e diz para Suzana que tudo acabou neste momento. Valéria revela que para Suzana que todos da escola sabem de tudo, pois ela ligou o microfone. Suzana fica irritada. Morales diz que Helena e Renê não podem ser mandados embora, pois não infligiram nenhuma regra, ao contrário de Suzana. As crianças, que também estão no pátio, escutam tudo e comemoram ao escutar que Suzana será demitida. Olívia entra na sala e diz que chega de estardalhaço em pleno último dia de aula. Todos saem da sala, menos Suzana que recebe a notícia que foi mandada embora. As crianças contam que Renê e Helena não serão mais mandados embora e que até Morales concordou.

Na sexta-feira, dia 21 - O empresário diz para Olívia que não acha necessário demitir Suzana por justa causa. Suzana arruma suas coisas e se prepara para sair da escola. A professora maltrata os alunos pela última vez. Eles começam a jogar bolinhas de papel e a gritar para que a megera vá embora. Alberto conversa com Jorge sobre a sua fatura do cartão de crédito e pergunta ao filho sobre um saque que foi utilizado para alterar o carro que usou na corrida. A família Rivera está pronta para mudar de casa. Cirilo confessa que não gostaria de ir embora, Paula explica ao filho que as mudanças são necessárias na vida. Helena e Renê levam as crianças na sorveteria para comemorar o fim das aulas.

Suzana passa no local e se incomoda com a felicidade de todos. A megera promete voltar e se vingar. Os alunos comemoram a permanência dos professores Renê e Helena. A professora avisa aos alunos que no próximo ano, talvez, não dê mais aula para eles. Paula e José se despedem da casa antiga. O casal venda os olhos de Cirilo e o levam para conhecer a nova casa da família Rivera. Miguel diz a Maria Joaquina que está muito orgulhoso da filha por ela ter ajudado Cirilo na corrida. A patricinha confessa ao pai que o garoto foi enganado, pois Jorge sabotou o carro de Cirilo. Miguel promete fazer o que é certo. José, Paula e Cirilo chegam à casa nova. O garoto fica impressionado com o novo lugar. Miguel vai à casa de Alberto e revela ao pai de Jorge que seu filho pagou dois amigos para sabotarem o carro de Cirilo.

Jorge escuta a conversa atrás da porta. Cirilo fica encantado com cada detalhe de seu novo quarto. Porém a sua maior surpresa e alegria foi à descoberta de que sua janela fica de frente para a janela do quarto de Maria Joaquina. Cirilo vibra muito ao descobrir que agora é vizinho da patricinha. A Patrulha Salvadora se reúne na casa abandonada e conversa sobre o que farão nas férias. Cirilo olha pela janela de seu quarto e vê Maria Joaquina e Jorge discutindo. O garoto fica irritado ao ver o riquinho gritando com a patricinha. Inconformado, Cirilo vai à casa de Maria Joaquina para defendê-la. Jorge destrata o garoto e o chama de ‘novo rico’. Cirilo avisa a patricinha que será seu novo vizinho. Os meninos discutem e começam a brigar, no mesmo momento Paula e José chegam e apartam a briga.

As informações são do SBT e  podem sofrer alterações.

Anterior: Resumo da Semana de Carrossel de 10 a 14 de junho.
Afiliados Cursos 24 Horas - Ganhe Dinheiro com seu Site

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião do Momento Verdadeiro. Não publicamos comentários com links.

Custom Search