Flamengo deve ou não renovar com Emerson Sheik?

Thiago Lacerda ganha indenização de R$329.000,00.

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016

Avô de menor acusado de matar PM é assassinado com 6 tiros em Campos, no RJ.


Campos dos Goytacazes - O avô do menor acusado de matar o soldado da PM, Fernando Henrich Ribeiro Escodino Machado, de 28 anos, na noite da última quarta-feira (17), no Parque Bandeirantes, em Guarus, foi assassinado no quintal de sua casa, nesta sexta-feira, 19. Edemir Pereira da Silva, de 69 anos, morreu baleado cerca de 300 metros do local onde o PM foi assassinado.

De acordo com informações da policia, Edemir, que era caminhoneiro, estava em um bar conversando com colegas e disse que iria viajar, mas acabou sendo executado com diversos tiros no quintal da sua  residência. Foram seis tiros, sendo quatro no tórax e dois em um dos braços.

O Corpo de Bombeiros foi acionado, mas chegando ao local constatou que a vítima tinha falecido. O corpo de Edemir será removido para o Instituto Médico Legal de Campos. O caso será investigado pela Delegacia de Guarus.

Enterro do soldado Escodino.

Centenas de pessoas se reuniram na capela do cemitério Campo da Paz, na última quinta-feira (18), para se despedirem do soldado da Polícia Militar Fernando Henrich Ribeiro Escodino Machado, de 28 anos. O enterro foi acompanhado pela banda do 8º BPM, além de, diversos policiais, guardas municipais, militares do Exército, parentes e amigos. 

PM é assassinado por menor em Campos

O policial trabalhou 6 anos na Guarda Municipal de São Francisco de Itabapoana antes de entrar na PM. O soldado também atuou em uma Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) no Rio de Janero e há menos de um ano tinha sido transferido para Campos, a fim de ficar perto da família, segundo o relato de parentes. Ele morava com a mãe e dois irmãos.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Não divulgamos links.Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do M.V News.