Flamengo deve ou não renovar com Emerson Sheik?

Thiago Lacerda ganha indenização de R$329.000,00.

sexta-feira, 23 de setembro de 2016

Aluno foi suspenso por agredir professor por causa de nota baixa?


Na internet encontramos muitas histórias, algumas são verdadeiras outras não. Hoje vamos falar de um suposto caso ocorrido em uma escola do Paraná. Segundo informações, um aluno foi suspendo porque teria esfregado o ânus no rosto de seu professor por causa de uma nota baixa. Será que isso aconteceu mesmo? 

O suposto documento, atribuído ao Colégio Estadual Souza Naves, que determina a suspensão do aluno circula pela internet. O texto afirma que um aluno teria sido suspenso por agressão e também por ter ser despido e esfregado o ânus na cara do professor.  “O aluno enlouqueceu ao saber que seu professor não arredondaria sua nota de 59 para 60. Ele se despiu por completo, partiu pra cima do professor de Física..."


Detalhe, o documento tem assinatura do diretor. E agora? Isso aconteceu! Calma! Vamos por parte. O Colégio Estadual Souza Naves existe? Sim. Fica em Rolândia, no Paraná. Porém, o termo de suspensão do aluno não é verdadeiro.  Isso mesmo! O documento é falso. Em entrevista, ao site "Paraná Portal", o diretor-geral da escola, Rosinaldo Laurano, afirma que o autor da brincadeira foi identificado. "Na brincadeira, o aluno usou o nome da escola e falsificou a assinatura do diretor do período noturno da escola", diz o site. Veja reportagem completa neste link.

É isso, essa história de aluno ter sido suspenso por ter esfregado o ânus no rosto do professor é falsa.

Washington Luiz, repórter do Momento Verdadeiro.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Não divulgamos links.Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do M.V News.