Saúde em alerta após provável caso de vírus do Nilo.

A Direção-Geral de Saúde (DGS) recomenda medidas preventivas, na sequência da detecção de um provável caso de infeção pelo vírus do Nilo, detectado num residente de Algarve, que já teve alta, como informou o site 'abola.pt'.

Recomenda-se que se evite a exposição aos mosquitos e a utilização de redes mosquiteiras e repelentes. "As instituições citadas continuarão a acompanhar a situação e, em caso de necessidade, a atualizar a informação", informa o site da DGS.

O vírus do Nilo é transmitido "unicamente por picada de mosquito do gênero Culex  sendo que pode, em 20% das infeções, provocar doença febril com manifestações clínicas ligeiras, que raramente pode evoluir para meningite viral", acrescenta o comunicado.

Com informações do portal 'Abola.pt'

Comentários

Eu apoio Notícias do Momento

Postagens mais visitadas deste blog

PF deflagra 59ª fase da Operação Lava Jato.

Toffoli determina votação secreta na eleição do Senado.