Estupro coletivo: Lucas Perdomo deixa a prisão.

O caso de estupro coletivo de uma menina de 16 anos no Rio de Janeiro continua sendo investigado. A Polícia Civil informou que mais dois suspeitos tiveram a prisão decretada. Outros três suspeitos são considerados foragidos no caso: Marcelo Miranda Correa, Michel Brasil da Silva e Sérgio Luiz da Silva Júnior. Rafael Assis Duarte Belo, de 41 anos, foi transferido para o complexo penitenciário de Bangu na tarde desta sexta-feira. Ele se entregou à polícia na quarta-feira e negou envolvimento no crime.
O caso de estupro coletivo de uma menina de 16 anos no Rio de Janeiro continua sendo investigado.
No início da noite desta sexta-feira, o jovem Lucas Perdomo Duarte Santos, de 20 anos, saiu do presídio acompanhado de seus pais e advogados. A delegada Cristiana Bento pediu à Justiça nesta quinta-feira o relaxamento da prisão temporária de Lucas. Segundo a titular da Delegacia da Criança e Adolescente Vítima (DCAV), o jogador de futebol continuará sendo tratado como envolvido no caso de estupro coletivo, no entanto, sem a necessidade de mantê-lo preso. Já o outro suspeito encaminhado á unidade, o jovem Raí de Souza, de 22 anos, segue preso.

Leia também: Polícia prende suspeito de estuprar garota de 12 anos dentro de igreja.

Assim que deixou o complexo penitenciário, Lucas falou com jornalistas que o aguardavam. Ele disse que pretende voltar à rotina e jogar futebol. "Bola pra frente! Está provado que sou inocente. Vou retomar minha carreira", declarou.

O pai de Lucas, Sílvio César Duarte, disse que, a partir de agora, terá controle mais rígio sob o rapaz. "Baile funk de novo, nunca mais. Agora é jogar bola e retomar a carreira", afirmou. Segundo Sílvio, Lucas seguirá jogando no Boavista.

Washington Luiz, repórter do Momento Verdadeiro.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Boatos de que tigres teriam fugido do zoológico se espalham pela web + NOTÍCIAS.

Juiz absolve Lula e outros acusados em caso de obstrução de Justiça + NOTÍCIAS.

Saiba o que muda com a lei que protege seus dados na rede + NOTÍCIAS