Preços altos dos fertilizantes significa comida mais cara na mesa.

Momento Verdadeiro - Além dos problemas gerados pelos aumentos dos combustíveis que afetam outros segmentos, principalmente o de alimentos, temos outra questão preocupante: a oferta de fertilizantes

Você sabia que as empresas só têm estoques para mais três meses de vendas? Essa informação foi confirmada pela Associação Nacional para Difusão de Adubos (Anda). E isso contabilizando os fertilizantes que já temos no Brasil. 

Mais de 80% dos fertilizantes consumidos no país são importados e um dos mais importantes fornecedor deste insumo é a Rússia que começou uma guerra com a Ucrânia o que afetou bastante o mercado de fertilizantes

Para se ter uma ideia da dependência, metade do potássio vem da Rússia e Belarus. Porém, segundo informações do jornal "Folha de S. Paulo", a instabilidade na oferta e nos preços dos fertilizantes não viria da falta de produto, mas do cenário incerto. Infelizmente, essa pressão gerará custos elevados para o produtor e comida mais cara na mesa.

Governo pode mexer na Política de Preços da Petrobras

Em relação aos preços dos fertilizantes, esperamos que o governo encontre alternativas o quanto antes. Recentemente, a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, viajou em missão diplomática ao Canadá, maior produtor mundial de potássio, para reforçar o interesse do Brasil em garantir o insumo.

Deixe um comentário, queremos saber sua opinião. Siga-nos no Twitter. Inscreva-se em nosso Canal no Youtube. Até breve! 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Reinfecção por covid-19

PRINCIPAIS NOTÍCIAS DO DIA

Como comprar Bitcoin