Teorias da conspiração sobre a queda do avião da Chapecoense.

O trágico acidente com avião que levava a delegação da Chapecoense, que deixou um saldo de 76 mortos, gerou muitos rumores pela internet. O acidente aconteceu no dia 29 de novembro. O avião da empresa LaMia decolou de Santa Cruz de la Sierra e tinha como destino final a cidade de Medellín onde a Chapecoense iria disputar a final da Copa Sul-Americana, contra o Atlético Nacional. 

As especulações em torno do caso começaram depois que o nome da empresa de aviação colombiana foi associado a mitologia grega. Isso porque, Lâmia é um demônio devorador. Ainda de acordo com informações disponíveis na Wikipédia, a Lâmia mitológica serviu de modelo para as lâmias, que eram descritas como bruxas, ora como espíritos e ora monstros, humanos da cintura para cima, mas com caudas de serpente. Acontece que, neste caso ocorreu uma falha de interpretação, pois a palavra LaMia, também é uma sigla e tem outro significado. A saber: Línea Aérea Mérida Internacional de Aviación → falei sobre este tema em outro post, confira aqui.


Além disso, surgiram outras teorias que tentam relacionar o acidente com avião da Chapecoense. As conspirações começam com o fato de no dia anterior ao acidente a Globo ter exibido o filme "Voo de Emergência". Também há um calculo com a data do acidente (29/11/2016) desmembrando e somando as dezenas (29 + 11+ 20 + 16 = 76) achamos o resultado inicial do número de mortos na tragédia, que foi divulgado pela imprensa. Outra suposição com base nos números aponta para o fato de que em 1996 o avião dos Mamonas Assassinas caiu com o grupo no auge da fama e agora em 2016, caiu o avião com o time da na melhor fase da Chapecoense. Por fim, tentaram dizer que o Illuminati, suposta organização conspiratória, teria feito um ritual, coisa macabra. Nada disso tem fundamento.

Vazam fotos dos corpos das vítimas de acidente com avião da Chapecoense?

Conclusão: Essas histórias envolvendo o avião que levava a delegação da Chapecoense não passam de suposições e invenções para chamar a atenção. Segundo o portal de notícias da Globo (G1), até o momento, informações dão conta que os destroços em um raio pequeno sugere que o avião bateu a baixa velocidade. Para os investigadores comprovaram dias mais tarde: o impacto foi a cerca de 250 km/h, o que permitiu ter havido sobreviventes. Resumindo, foi um acidente trágico acidente.

Washington Luiz, repórter do Momento Verdadeiro.

Comentários

Naldo Benny pede ajuda para encontrar carro roubado do filho.