Eu apoio Notícias do Momento

Caio Castro registrou o bebê que teve com ex-affair, diz jornal.

O ator Caio Castro, vem passando por um drama pessoal. No dia 6 de novembro o ator, que está no ar como o médico Michel de "Amor à vida", teve uma filha, que não sobreviveu. Vítima de uma má formação, a menina fruto de uma rápida relação de Caio com a jovem Naise Francine Aquino, morreu três dias após o nascimento. A informação divulgada inicialmente na coluna de Léo Dias, no jornal "O Dia" - foi confirmada por documentos oficiais. As informações são do site Ego.




No dia 28 de novembro, o colunista Léo Dias, do jornal O Dia,  publicou sobre o ator ter desmentido o caso, "Caio Castro resolveu desmentir esta modesta coluna na tarde de ontem. Disse que a tatuagem de um pé de bebê com asas foi feita em homenagem ao irmão Enzo, de 7 anos, e não tem a ver com sua filha que morreu, como a coluna noticiou. Mas as celebridades deveriam saber que este colunista odeia ser desmentido. E a gente prova o que diz. (...) A coluna apurou que Caio e Naise fizeram a tattoo no mesmo dia. E a gente vai além: Valentina de Aquino Castanheira morreu no dia 9 de novembro, no Hospital da USP, por conta da síndrome de Edward (que causa má-formação do coração). O velório foi no cemitério de Vila Mariana e, depois, o corpo seguiu para Monte Alto, cidade natal de Naise. O sepultamento aconteceu dia 10, no Cemitério de Monte Alto." 
Foto: Reprodução/Blog do Léo Dias
E o colunista foi além, postando uma foto do ator na maternidade e publicou: "Esta é a última vez que a coluna vai se pronunciar sobre Valentina, a filha que Caio Castro teve com a garçonete Naise Aquino, embora o ator insista em negar. A foto abaixo foi tirada na maternidade, quando Caio foi visitar a filha, que morreu com apenas três dias de vida. Valentina nasceu com a síndrome de Edward, que causa, entre outros problemas, uma má-formação no coração."

Nesta sexta-feira, 29, o site Ego teve acesso à certidão de nascimento da menina, que conta também com a averbação do óbito. Na certidão consta que a criança, que se chamava Valentina, nasceu no dia 6 de novembro de 2013, às 16h25, no Hospital São Paulo, na capital paulistana. A morte ocorreu no dia 9 de novembro. Segundo uma fonte próxima de Naise, que conversou com o Ego, Caio e Naise eram amigos e tiveram apenas um rápido envolvimento. Mas ele teria cumprido à risca seus deveres como pai. “Em nenhum momento ele se opôs a colocar o nome na menina. Ele acompanhou a gravidez e sempre falava com ela por telefone”.

O ator também teria se emocionado muito ao conhecer a filha: “Ele não conseguiu visitá-la no dia do nascimento porque estava trabalhando. Mas parece que ele nem conseguia gravar direito, pois não pensava outra coisa. No dia seguinte, ele foi ao hospital e conheceu a Valentina. Ele chorou, beijou e ficou conversando baixinho no ouvido dela”.

(*) Com informações do Ego/Blog do Léo Dias.

Postagens mais visitadas deste blog

PF deflagra 59ª fase da Operação Lava Jato.

Toffoli determina votação secreta na eleição do Senado.