Vídeo de Bolsonaro contra Jean Wyllys é falso, diz polícia.

STF mantém Renan Calheiros na presidência do Senado.

sábado, 22 de outubro de 2016

Jean Wyllys pede prisão de professora cristã que se recusou a ensinar cartilha do KIT GAY?


"Dep. Jean Wyllys pede prisão de professora cristã que orava antes das aulas e que se recusou a ensinar cartilha do KIT GAY. Na abordagem a mesma foi ferida!" Será que isso realmente aconteceu? 

Antes de responder esta pergunta, precisamos considerar algumas coisas. Primeiro, o título da matéria diz que Jean Wyllys pediu prisão de professora cristã que orava antes das aulas e que se recusou a ensinar cartilha do Kit Gay, todavia o texto, que começa falando sobre o livro didático “Menino Brinca de Boneca?”, do autor Marcos Ribeiro, publicado pela editora Salamandra, em 2001, fala o tempo todo sobre Kit Gay e é finalizado com criticas aos ativistas homossexuais: "mentem e dizem que o kit-gay não seria para o público infantil...". Acontece que este texto, reproduzido por muitos sites e compartilhado pelas redes sociais, só fala de Jean Wyllys no título e sequer menciona onde e quando teria ocorrido esse tal pedido de prisão.

Considerando que a imagem usada pela matéria é de uma professora que foi agredida por uma aluna da Escola Gonçalves Dias, em Ji-Paraná. E que este caso aconteceu na Praça do Jardim dos Migrantes, no dia 07 de julho de 2016, como podemos constatar na reportagem do "Rondoniagora" e também pelo portal de notícias da Globo, o G1, veja neste link. Já podemos concluir que está história é falsa.
Jean Wyllys desmente boato sobre prisão de professora no Facebook (Reprodução/Facebook)
Além disso, o próprio deputado Jean Wyllys se pronunciou sobre o caso. Ele postou um texto em seu perfil no Facebook onde diz: "Vejam o que eles fizeram agora: pegaram uma foto de uma professora de uma escola de Rondônia que foi agredida pelos alunos em julho deste ano e, por esse motivo, saiu nos jornais, e montaram uma "notícia" falsa em sites apócrifos, que já começou a viralizar pelo uso de robôs e perfis fakes nas redes sociais, com a foto da professora e uma manchete mentirosa que diz: "Jean Wyllys pede prisão de professora cristã". Vocês acreditam?...A má-fé desses caluniadores é inesgotável", escreveu o deputado. 

Leia também:

Tem mais! Em se tratando do deputado Jean Wyllys, tem bastante notícias falsas circulando pela web. Aqui no Momento Verdadeiro você encontra algumas. Confira: "Jean Wyllys prefere fuzilar negros"; "Freixo vai nomear Jean Wyllys como secretário de Educação se for eleito", "Jean Wyllys é dono da Friboi".

Conclusão: esta história de que "Jean Wyllys pede prisão de professora cristã que orava antes das aulas e que se recusou a ensinar cartilha do KIT GAY" é BOATO.

Washington Luiz, repórter do Momento Verdadeiro.

Um comentário :

  1. Interessante como pessoas que se dizem cristãs (elas se denominam assim, não sou eu que estou dizendo) adoram espalhar mentiras, aliás, gastam muito tempo e energia fazendo isso. Por que será?

    ResponderExcluir

Não divulgamos links.Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do M.V News.