Hacker promete derrubar sites racistas e homofóbicos no Halloween.

Amped Attacks, pseudônimo usado por um hacker no Twitter, tem se tornado no último mês uma espécie de justiceiro da Internet ao derrubar uma série de sites racistas e homofóbicos. De acordo com informações do site "IDGNOW", sites ligados a grupos como a Ku Klux Kan (KKK) têm sido o seu maior alvo até então. 

Segundo informações do site da "BBC", o hacker também assumiu o ataque a sites do grupo autodenominado Estado Islâmico e o site godhatefags.com, em tradução livre - deus odeia os homossexuais.

Em post do dia 21 de outubro no Twitter, Amped Attacks pergunta "KKK e todos os racistas eu tenho uma pergunta. Como se sentem sabendo que um único homem está derrubando todos vocês um por um?"

O hacker utiliza ataques do tipo DDoS, sigla para Distributed Denial of Service que consegue derrubar páginas na Internet ao sobrecarregá-lo com pedidos. O objetivo principal é fazer com que a rede ou servidor se torne indisponível para usuários.

Amped Attacks utiliza a hashtag #tangodown em seus tweets, a mesma usada pelo grupo Anonymous. No entanto, o hacker não confirmou ou negou nenhuma ligação com o grupo e indica que atua sozinho. Pelo microblog, o hacker fez sua mais recente ameaça: "Esperem até ver o que eu tenho preparado para outros 20 sites racistas no Halloween".

Comentários

Canal do Washington Luiz - Notícias