Ministro afasta Renan da presidência do Senado.

Netflix anuncia 2ª temporada de Luke Cage

quarta-feira, 21 de outubro de 2015

Schulz fecha as portas em Campos, no RJ.


A multinacional Schulz fechou as portas em Campos, no Norte Fluminense. A empresa alemã demitiu mais de 200 trabalhadores na última terça-feira, dia 20. Os profissionais foram surpreendidos e tiveram que assinar a rescisão de contrato.
A Schulz iniciou suas atividades no município em 2017 e atuava no ramo de tubulações e conexões industriais forjadas em aço inoxidável. A demissão em massa não foi comunicada ao sindicato. "Nós esperamos que a empresa cumpra com as obrigações trabalhistas, que venha a pagar as verbas rescisórias para os trabalhadores. Num segundo momento, o Sindicato também vai questionar esta atitude da empresa por meio de um dissídio coletivo de natureza jurídica", disse, em entrevista ao telejornal 'Terceira Via',  João Paulo da Costa Cunha, presidente do Sindicato. 

Em entrevista ao jornal 'O Diário', de Campos, o diretor Lucas Vieira disse que a Schulz está dando uma parada na parte de produção nas indústrias de Campos, em função da crise no mercado do petróleo. A empresa alemã, situada no Distrito Industrial de Campos, no bairro Codin, em Guarus, fechou as portas após oito anos de operação na cidade. Clique aqui para ler outras notícias de Campos. 

M.V no Youtube traz notícias sobre os Famosos, Televisão... 

Um comentário :

  1. Se ela iniciou suas atividades no início de 2017, como podemos estar no ano de 2016?

    ResponderExcluir

Não divulgamos links.Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do M.V News.

Ajude a manter o Momento Verdadeiro.

Recomendados para você.