Após debate com Moro, senadores apresentam substitutivo a PL.

Gilmar Mendes defende atualização da Lei de Abuso de Autoridade.

sexta-feira, 20 de novembro de 2015

Delegacia registrou este ano 75 denúncias de racismo em São Paulo.


São Paulo - A Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância abriu 75 inquéritos para apurar casos de racismo em São Paulo, de janeiro até início deste mês. De acordo o levantamento divulgado hoje (20), Dia da Consciência Negra, esse número representa 68,2% do total de investigações da delegacia especializada, criada há nove anos

As averiguações de intolerância por raça, cor, etnia e procedência nacional tem aumentado ano a ano, desde 2010, quando os boletins da Decradi passaram a ser classificados por tipo de ocorrência. No ano passado, 60,4% dos inquéritos instaurados foram de crimes raciais. Em 2013, a quantidade representou 44,9%, de acordo com dados da delegacia.

A unidade da Polícia Civil também tem a finalidade de reprimir e analisar os delitos envolvendo convicções ideológicas, sexuais, religiosas e culturais. De janeiro de 2010 até o início deste mês, a Decradi instaurou 962 inquéritos policiais, dos quais 52% estão relacionados à intolerância racial.

As denúncias podem ser feitas na própria delegacia, que funciona no Palácio da Polícia Civil, na Rua Brigadeiro Tobias, 527, na Luz, região central de São Paulo. Além do atendimento presencial, vítimas e testemunhas podem entrar em contato com a unidade por telefones (11 3311-3555 e 3311-3556) ou e-mail: decradi@policiacivil.sp.gov.br.

[ Fonte: Agência Brasil ]

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Não divulgamos links.Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do M.V News.

Recomendados para você.