Mulher é internada após sofrer 'overdose' de água

Netflix anuncia 2ª temporada de Luke Cage

domingo, 20 de dezembro de 2015

MP de Campos, RJ, pede a condenação dos réus no caso 'Meninas de Guarus'.


Promotores do Ministério Público de Campos de Goytacazes pediram a condenação dos acusados de envolvimento com exploração sexual de adolescentes no processo conhecido como “Meninas de Guarus”. O pedido foi feito à Justiça na última quarta-feira (16) e divulgado neste sábado (19). A ação foi apoiada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO).

Segundo o MP, entre os 15 réus no processo, que respondem por crimes de natureza sexual, estão dois ex-vereadores da cidade, ex-presidiários e empresários.

Entenda o caso

De acordo com a denúncia, parte dos acusados mantinha e explorava crianças e adolescentes, entre 8 e 17 anos de idade, em uma casa situada em Guarus, distrito de Campos, para fins de prostituição e exploração sexual. Em junho de 2009, a Polícia Civil descobriu o ponto de exploração sexual e prendeu em flagrante o proprietário do imóvel, além de ter libertado cinco mulheres, sendo três maiores e duas adolescentes de 16 e 17 anos.

O lugar era mantido com as portas e janelas trancadas, com correntes e cadeados, sempre sob vigília armada. As vítimas eram obrigadas a consumir drogas, como cocaína, haxixe, crack, ecstasy e maconha, sem que pudessem oferecer resistência. A informação na época, é que as menores eram obrigadas a realizar programas por R$ 20, todas as noites.

Siga o M.V no Twitter e no Facebook 


De acordo com o MP, as próximas fases do processo são a apresentação de alegações finais pelas Defesas dos réus e prolação de sentença.

Fonte: G1 

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Não divulgamos links.Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do M.V News.

Ajude a manter o Momento Verdadeiro.

Recomendados para você.