Flamengo deve ou não renovar com Emerson Sheik?

Thiago Lacerda ganha indenização de R$329.000,00.

terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

Militar do Exército é torturado e morto por traficantes no Rio.


Rio - Cabo do Exército e agente do Degase foram sequestrados e torturados por traficantes do Complexo do Chapadão, em Costa Barros. O caso ocorreu na noite do último domingo. O agente conseguiu sobreviver, mas o militar do 25º Batalhão Logístico Escola, identificado como Jorge Fernando Souza, de 30 anos, e o outro, que não teve o nome revelado foram assassinados.

Segundo uma reportagem do jornal 'O Dia', publicada nesta terça-feira, o pai do militar disse que eles trabalhavam como taxistas em um ponto no Village Pavuna, na Zona Norte, e foram pegos por se recusarem a transportar traficantes em fuga. "Durante uma operação policial no domingo à noite, os bandidos deram uma ordem para que os taxistas os retirassem da comunidade. Não foi a primeira vez que isso aconteceu. O meu filho e outros recusaram a ordem e eles levaram os motoristas a um determinado local do Chapadão. Balearam três. Um sobreviveu e outros dois morreram", diz Elias Souza.

A família do militar acredita que o corpo dele está dentro de um veículo que se encontra no interior do conjunto de favelas. 

Até o momento, o Comando Militar do Leste e o Departamento Geral de Ações Socioeducativas (Degase) ainda não se pronunciaram sobre o caso. Já a Polícia Militar afirmou ter feito operações constantes na região, mas garante não ter recebido informações sobre nenhum corpo encontrado na comunidade.

O caso foi registrado na 31ª DP (Ricardo de Albuquerque) e transferido para a Delegacia de Descoberta de Paradeiros (DDPA), já que o corpo de Jorge Fernando ainda não foi localizado. Com informações do jornal O Dia.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Não divulgamos links.Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do M.V News.