Mulher é internada após sofrer 'overdose' de água

Netflix anuncia 2ª temporada de Luke Cage

terça-feira, 12 de abril de 2016

Facebook Live é liberada para todos os usuários.


Sabe o que o Facebook tem preparado para seus usuários? Não? A rede social que tem milhares de adeptos agora está se moldando para competir ainda mais com outras redes existentes. A empresa criada por Mark Zuckerberg vai dar aos seus usuários a oportunidade de fazer transmissões ao vivo pelo Facebook. Isso mesmo... seus usuários vão poder mostrar aos amigos e familiares o que está acontecendo em seu dia a dia, compartilhando assim com os que estão perto e principalmente com os que estão distantes, suas alegrias, tristezas, passeios e até as gracinhas das crianças e dos seus bichinhos de estimação.

Isso porque os responsáveis notaram que o Facebook Live, que foi lançado em janeiro deste ano, vem se tornando cada vez mais popular entre os usuários e na semana passada o Facebook disponibilizou a ferramenta para todos os seus usuários pelo mundo. Pois antes somente celebridades, empresas de mídia e usuários americanos podiam usá-la. "As pessoas costumam receber dez vezes mais comentários do que em vídeos normais. Não esperávamos esta reação", revelo o vice-presidente de gestão de produtos do Facebook, Will Cathcart, em uma entrevista dada ao BBC Mundo.

Para mostrar que a ferramenta transmitia em tempo real, Mark Zuckerberg, fez um Facebook Live , com transmissão de 16 minutos, para falar das novidades da ferramenta (mas esta só ficará disponível para ser acessada em tablets e celulares), ele até respondeu a perguntas enviadas por alguns usuários em tempo real. Zuckerberg fez questão de esclarecer que "esses não são os mesmos vídeos que você pode assistir na TV ou no YouTube"."É uma nova experiência social", disse o criador da rede social.

Essa ferramenta e suas atualizações são parecidas com recursos do aplicativo Snapchat, e do Periscope, app lançado pelo Twitter, mas Will Cathcart nega que as novidades tem a ver com concorrência, ele afirma que é mais par aproveitar o que os celulares mais modernos tendem a oferecer. "À medida que mais pessoas têm câmeras melhores no celular, temos buscado fazer do vídeo um ponto central do Facebook." Cathcart ainda destacou que a empresa tende a corresponder as expectativas de seus usuários, melhorando e evoluindo. "Sempre correspondemos às preferências manifestadas por nossos usuários. Por exemplo, quando começamos, o destaque era para fotos. Mas, agora, estamos vendo muita gente adotar as transmissões de vídeo", disse.

Com informações do G1.

Um comentário :

  1. Era só o que faltava: Big Brother no Facebook. Não seria isso uma espécie de espionagem e controle social?

    ResponderExcluir

Não divulgamos links.Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do M.V News.

Ajude a manter o Momento Verdadeiro.

Recomendados para você.