Papa Francisco completa 81 anos.

Michel Temer e a Lava Jato.

Michel Temer está preparado para assumir a presidência do Brasil caso os senadores decidam afastar a presidente Dilma Rousseff, inicialmente por 180 dias, tempo previsto para uma decisão final sobre o impeachment. Ouça o áudio.


Como presidente do Brasil, além dos graves problemas econômicos, Temer tem que se preocupar com a Operação Lava Jato. É que o político já foi citado pelo menos quatro vezes nas investigações sobre corrupção. Pelo senador Delcídio do Amaral e o lobista Julio Camargo. O nome de Temer também aparece em uma planilha da empreiteira Camargo Corrêa. E, de acordo com informações da revista "Época", o empresário José Antunes Sobrinho, um dos donos da Engevix, contou ter pago R$ 1 milhão a um emissário de Temer como “agradecimento” por participar de uma licitação de R$ 162 milhões da Eletronuclear.

O advogado de Michel Temer disse em entrevista ao jornal O Globo que reconhece as citações, mas nega qualquer irregularidade vinculada ao vice. 

Washington Luiz, repórter do Momento Verdadeiro.

Comentários

Motorista usa manequim para enganar polícia e acaba no tribunal.