Arena Condá recebe os heróis da Chapecoense. #ForçaChape

Gilmar Mendes defende atualização da Lei de Abuso de Autoridade.

quinta-feira, 5 de maio de 2016

Cunha apresentará recurso da decisão de Teori Zavascki.


Teori Zavascki, ministro do Supremo Tribunal Federal, decidiu, nesta quinta-feira (5), afastar o deputado federal Eduardo Cunha de suas funções na Câmara dos Deputados. O relator da Operação Lava Jato no STF atendeu a pedido do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, que apresentou denúncia acusando Cunha de tentar interferir na condução das investigações da Lava Jato. Ouça a reportagem aqui.

"O Deputado Eduardo Cunha já foi denunciado por corrupção (percepção de vantagens indevidas) e lavagem de dinheiro, no bojo do Inquérito 3983, e foi instaurado novo inquérito para apurar corrupção passiva, lavagem de dinheiro e manutenção de valores não declarados em contas no exterior ...", diz um trecho da decisão que pode ser lida na íntegra neste link.

Eduardo Cunha foi notificado por volta das 7:30 da manhã da decisão do ministro Teori Zavascki. O atual presidente da Câmara dos Deputados disse que vai apresentar recurso da decisão.  Segundo sua assessoria, ele permanecerá na residência oficial até o julgamento de outra ação no STF, marcado para a tarde de hoje, quando os ministros julgam ação aberta pelo partido Rede, que também pediu à Corte o afastamento de Cunha da presidência da Câmara.  Mais informações serão divulgadas no decorrer do dia.

Washington Luiz, repórter do Momento Verdadeiro.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Não divulgamos links.Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do M.V News.

Recomendados para você.