Após debate com Moro, senadores apresentam substitutivo a PL.

Gilmar Mendes defende atualização da Lei de Abuso de Autoridade.

terça-feira, 19 de julho de 2016

Pai que matou o filho espancado diz à polícia que bateu de manhã e de noite.


São Paulo — Em depoimento à polícia, o pai do menino Rafael, considerado suspeito pela morte do próprio filho, de apenas 5 anos, assumiu que bateu na criança de manhã e também de noite. Felipe de Jesus Soares Araújo, de 32 anos, espancou o garoto porque ele deu trabalho na hora de comer.

O caso ocorreu em Peruíbe, no litoral de São Paulo, no dia 15 e o homem fugiu após a PM ser acionada. Ele se entregou à polícia no dia 18 de julho e foi preso em seguida. Os investigadores responsáveis pelo caso vão ouvir a mãe do menino. Segundo informações do portal de notícias G1, a mãe de Rafael também será indiciada, o que já foi determinado pelas autoridades policiais, por omissão.

De acordo com a madrinha da vítima, Luciana da Silva, de 34 anos, Felipe de Jesus tinha um comportamento violento, que deixava a mãe de Rafael com medo. 

Edição: Washington Luiz.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Não divulgamos links.Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do M.V News.

Recomendados para você.