Vídeo de Bolsonaro contra Jean Wyllys é falso, diz polícia.

STF mantém Renan Calheiros na presidência do Senado.

segunda-feira, 14 de novembro de 2016

Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank vão à delegacia prestar queixa.


É verdade → A pequena Titi, de apenas 2 aninhos, sofreu ataques racistas nas redes sociais. Ela é filha adotiva de Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank. Os atores já acionaram o advogado deles e deverão comparecer em breve na Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI), para prestar queixa.

A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa da Polícia Civil ao portal Ego. De acordo com a DRCI, "será agendada uma data para o comparecimento na unidade para prestar mais detalhes do ocorrido".

Bruno Gagliasso disse, durante sua participação no "Domingão no Faustão", que o caso está nas mãos da polícia. "Cabe à polícia cuidar disso agora. A gente combate o preconceito com amor e justiça. Temos policiais bons que vão descobrir quem fez isso".

O ator ainda disse que Titi possui algo que falta aos que praticam atos racistas. "Minha filha tem algo que esses caras não têm: amor".

Paula Fernandes acaba com boatos e confirma fim do noivado.
⇾ Adriano Imperador virou mendigo? 

Entenda o caso → Um internauta, que já deletou seu perfil na rede social, postou o seguinte comentário: "Você e seu marido até que combina, mas a criança que vocês adotaram não combinou muito porque ela é pretinha e lugar de preto é na África".

Os ataques ocorreram em publicações de fotos em que a menininha aparecia com Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank na rede social.

Washington Luiz, repórter do Momento Verdadeiro.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Não divulgamos links.Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do M.V News.