Mãe matou o filho a facadas após briga em SP.

A Polícia Civil do Estado de São Paulo suspeita que a gerente de supermercado Tatiana Lozano Pereira matou o próprio filho a facadas. Ela foi presa na tarde desta quarta-feira (11). O crime ocorreu na cidade de Cravinhos na madrugada do dia 29 de dezembro após mãe e filho terem discutido.

Na delegacia, Tatiana disse que o filho, identificado como Itaberli Lozano, teria ameaçado a família e estava envolvido com drogas, o que motivou o crime. Tatiana pegou uma faca e atacou seu filho no pescoço, que morreu ainda no local. Depois, com ajuda do atual marido, o tratorista Alex Canteli Pereira, a mãe retirou o corpo do filho enrolado em um edredom da casa onde moravam. Eles levaram o corpo até um canavial e atearam fogo ao mesmo.

A mãe do jovem e seu atual marido confessaram o crime. O delegado Elton Testi pediu a prisão temporária do casal por 30 dias. Tatiana foi levada para a Cadeia Feminina de Cajuru (SP), enquanto Alex foi encaminhado para a Cadeia de Santa Rosa de Viterbo. Nenhum dos dois possuía passagens pela polícia.

De acordo com informações do portal 'G1', o advogado deles afirma que entrará com um pedido de habeas corpus à Justiça. Ele alegará legítima defesa de Tatiana e estado de violenta emoção do casal.

Washington Luiz, repórter do Momento Verdadeiro.
Com informações do portal G1.

Comentários

Veja também

Preso processa policiais após ter uma ereção de 4 dias.