Pescador captura tubarão de 150 kg , em Mongaguá, SP.

Vereador é condenado por extorsão em caso envolvendo padre.

O vereador Ronilson Marcílio Alves, eleito pelo Partido Trabalhista Cristão (PTC), foi condenado a 5 anos e 4 meses de prisão por extorsão. Além disso, Ronilson também perdeu o mandato. O fato ocorreu na cidade de Caratinga, no interior do estado de Minas Gerais.

Ronilson Marcílio cobrou R$ 200 mil para não divulgar um vídeo íntimo envolvendo um padre da cidade. De acordo com informações do portal "G1", além do vereador, outras três pessoas foram condenadas, entre elas, o homem que aparecia tendo relação íntima com o padre.

Em novembro do ano passado, o vereador ligou para o padre dizendo que um homem estava com o vídeo e poderia divulgá-lo. Ronilson se ofereceu para intermediar a negociação da entrega do material ao padre. Depois, o político foi até a casa do religioso dizendo que havia uma terceira pessoa disposta a divulgar as imagens. Agora, o valor poderia ser reduzido para R$90 mil.

Então, de acordo com o processo, o padre marcou um encontro com os envolvidos e acionou à polícia. Os quatro homens foram presos em flagrante e a PM apreendeu os vídeos usados para extorquir o religioso.

Até o momento, a diocese de Caratinga não se pronunciou sobre o caso.

Washington Luiz, repórter do Momento Verdadeiro.

Comentários

Canal do Washington Luiz - Notícias