Dicas importantes para não entrar numa ‘fria’ na hora de comprar um carro seminovo.

Dicas importantes para não entrar numa ‘fria’ na hora de comprar um carro seminovo.
Dados divulgados pela FENAUTO (Federação Nacional das Associações dos Revendedores de Veículos Automotores) mostram que o ano de 2017 foi bastante positivo no que diz respeito ao volume de negociações de veículos seminovos e usados no Brasil, afinal, houve um crescimento de 6,5% em comparação ao ano anterior. Foram 14.212.673 veículos comercializados em 2017; e 13.348.992 unidades em 2016, confirmando o segundo ano consecutivo de alta.

Em tempos onde os carros zero quilômetro estão com os preços elevados, milhares de pessoas optam pela escolha de veículos seminovos e, é sempre bom estar atento a alguns detalhes para não entrar numa ‘fria’ na hora da escolha. E, a primeira dica é: pesquise! Acesse a tabela FIPE, verifique os preços e observe os valores praticados no mercado. Caso encontre preços muito abaixo da tabela, desconfie; e se os preços estiverem acima, pechinche!

Na hora de avaliar o carro, faça isso de dia e nunca à noite, afinal, com o auxílio da luz natural é possível visualizar melhor algumas imperfeições, arranhões e/ou possíveis amassados, dentre outros detalhes. Caso não conheça muito bem as minúcias de um carro é sempre bom pedir a ajuda de um mecânico ou outro profissional especializado.

Peça os números da placa, renavam e chassi, com o intuito de realizar consultas em aplicativos ou sites especializados, pois, como diz o ditado popular “é melhor prevenir do que remediar”. Verifique também se os documentos estão em dia e se existe alguma multa ou restrições.

Outra a dica importante é: faça o test drive! Fique atento a possíveis barulhos, alinhamento e se o motor responde a contento à aceleração. Também verifique os pneus, que podem ser excelentes sinalizadores em relação a real quilometragem do carro. Os pneus apresentam desgastes entre 40 mil a 50 mil quilômetros. Fique atento, por exemplo, se o hodômetro marcar 35.000 km e os pneus estiverem novos, pois, a quilometragem pode ter sido alterada.

-- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE --


Carta de Crédito

São muitas as pessoas que optam pelo consórcio e utilizam a carta de crédito para comprar um carro seminovo. Uma prática comum que vem dando excelentes resultados para muitos consorciados. Para comprar o veículo desejado é preciso aguardar pela contemplação (sorteio/lance), que ocorre durante as assembleias todos os meses.

Segundo o gerente administrativo do Valor Consórcios, Vinícius Basile, a carta de crédito é flexível e tem o mesmo valor de um pagamento à vista, permitindo que a escolha seja realizada conforme os objetivos de compra, que podem variar entre valores, modelo e ano do automóvel.

– Vale lembrar que o veículo deve ter até cinco anos de uso, baseado na data modelo, e em casos de off roads, que não necessitam emplacamento, a comercialização será somente de 0 km. Se surgirem dúvidas é sempre bom consultar um especialista da área. Caso haja necessidade, entre em contato com a nossa equipe, também é uma forma de obter outras informações sobre condições complementares - explica o gerente administrativo do Valor Consórcios.

Outras informações sobre consórcios podem ser obtidas através do site www.consorciovalor.com.br e demais contatos: (22) 3811-0600 / 3824-6060 / 99794-0847 WhatsApp.

Por: Eusébio Dornellas | Agência Comuniqque 

Comentários

URGENTE: Rio de Janeiro sob Intervenção Militar.