Papa Francisco completa 81 anos.

Número (11) 3770-4110 rouba créditos e invade celulares?

A melhor maneira de evitar certos problemas é estar informado. Aqui no Momento Verdadeiro costumamos publicar, além de noticias e fatos do cotidiano, matérias desmentindo alguns boatos que acabaram ganhando repercussão pelas redes sociais. Eles surgem praticamente todos os dias. 

Recentemente está circulando pela internet um texto alertando os internautas sobre o roubo de créditos dos celulares. Segundo informações, que ninguém sabe dizer exatamente de onde surgiram, o telefone (11) 3770-4110 estaria sendo usado para aplicar o golpe. O texto alerta que se este número ligar para você, é para desligar o celular imediatamente. Em "40 segundos eles conseguem pegar seus créditos e acessar seu celular, senha e dados ... desligue o celular e coloque na lista de rejeição. Tome bastante cuidado..."

Como você já percebeu está história é mesmo absurda, mas tem muita gente que acredita e compartilha com intensão de alertar seus amigos e amigas sobre o suposto perigo de receber ligações do número (11) 3770-4110. Vamos aos fatos! Primeiro, este número existe? Sim. O número em questão pertence a uma operadora de crédito. Há muitas reclamações sobre ligações originadas deste telefone, entretanto, nenhuma é sobre roubo de créditos do celular porque isso é algo surreal.

Outra informação que precisamos levar em consideração é que ainda não existe como alguém ter acesso aos dados do seu celular através de uma ligação. Pessoas mal intencionadas podem infectar seu smartphone com algum vírus e roubar dados como pode ocorrer no computador, notebook, tablets e outros aparelhos que estejam conectados à internet. 

Boato maldoso diz que Fátima Bernardes está com câncer.

Conclusão: Está história que se o número 11 3770-4110 ligar para você é para desligar o celular para não ter seus créditos e dados roubados por hackers é BOATO.

Washington Luiz, repórter do Momento Verdadeiro.

Comentários

Motorista usa manequim para enganar polícia e acaba no tribunal.