2º suspeito de matar ambulante em SP é preso.

Violência → O segundo acusado pela morte de um vendedor ambulante na Estação Pedro II do metrô de São Paulo foi preso hoje à tarde. Alípio Rogério Belo dos Santos, de 26 anos, foi localizado pela Polícia Civil em Itaquera, SP.

O vendedor ambulante Luiz Carlos Ruas foi espancado e não resistiu aos ferimentos. Mais cedo, testemunhas fizeram o reconhecimento de Ricardo Martins do Nascimento. Ao ser preso na noite da última terça-feira, Ricardo afirmou que está arrependido e que estava alterado após consumir “cachaça”.

Alípio Rogério foi preso na zona leste de São Paulo, por meio de uma denúncia feita ao Departamento Estadual de Capturas e Delegacias Especializadas (Decade). Ele também disse estar arrependido, "que foi uma agressão boba porque ele estava bêbado". De acordo com informações da Agência Brasil, ele chegou à Delegacia de Polícia do Metropolitano (Delpom) sob gritos de "assassino". Segundo o delegado Rogerio Marques, titular da Delpom, Alípio apresentava ferimentos na perna, no joelho, no braço e na cabeça.

Testemunhas fazem reconhecimento de rapaz preso após matar ambulante.

O delegado confirmou que Alípio foi preso após uma denúncia anônima, mas não comentou sobre a recompensa de R$ 50 mil. "Às 13h30 chegou uma denúncia anônima sobre um local [em que Alípio estaria], já estávamos na proximidade. Conseguimos nos dirigir ao local e ao chegar lá, na zona leste, em Itaquera, o advogado estava saindo com ele possivelmente para se entregar", disse o delegado.

Washington Luiz, repórter do Momento Verdadeiro.

Comentários

Naldo Benny pede ajuda para encontrar carro roubado do filho.