É boato: Laudo confirma que Maria Eduarda foi atingida por tiros de AK-47.

Está circulando pelas redes sociais um laudo sobre a morte de Maria Eduarda. 

Segundo o laudo, a menina foi morta por tiros de fuzil AK-47, em Acari, no Rio de Janeiro.

A mensagem já foi compartilhada por vários internautas, porém essa notícia é falsa. 

De acordo com o delegado Fábio Cardoso, da Divisão de Homicídios (DH), até o momento somente o laudo de necropsia está pronto. 

Maria Eduarda morreu na última quinta-feira, dentro de uma escola municipal, em Fazenda Botafogo, Zona Norte do Rio.

Ouça a reportagem completa no vídeo acima.

Washington Luiz, repórter do Momento Verdadeiro.

Comentários

CNJ autoriza uso do WhatsApp para intimações judiciais.



Software recomendado
Baixar videos do YouTube com Freemake

Recomendadas para Você