Vídeo de Bolsonaro contra Jean Wyllys é falso, diz polícia.

STF mantém Renan Calheiros na presidência do Senado.

quinta-feira, 17 de novembro de 2016

Papa revelou o segredo da Marca da Besta. Será?


Muitos acreditam que o fim do mundo está próximo. Pela internet, encontramos centenas de teorias sobre o apocalipse e seus sinais. Uma simples pesquisa e logo surge algum vídeo, ou encontra-se alguma matéria, sobre possíveis eventos relatados no "Livro da Revelação", de João. Nesse momento, especulações e teorias ganham destaques que deveriam pertencer a razão. Recentemente falei em outro post sobre o misterioso vídeo com suposto som de trombetas em Jerusalémrelembre aqui. Também já falei sobre do chip da bestarelembre aqui. E agora, por sugestão de um internauta, voltarei a falar da marca da besta.

Existe uma teoria de que a 'marca da besta' estaria associada ao sétimo dia da semana, o Domingo. Segundo essa interpretação, a marca da besta é uma simulação da marca de Deus. Acredita-se que a marca de Deus seja o sábado, sendo assim, o microchip não teria nenhuma relação com a marca da besta. Para sustentar esta teoria, o papa Francisco é citado como referência. Acredita-se que o sétimo dia da semana, o domingo, seria a marca papal. Ou seja, se a marca de Deus seria o SÁBADO. A marca da besta teria relação com o DOMINGO,  segundo esta teoria. Fundamentada por um único versículo bíblico do Velho Testamento. Do livro de Êxodo, capítulo 31, versículo 13, que diz: "Certamente guardareis meus sábados; porquanto isso é um sinal entre mim e vós nas vossas gerações; para que saibais que eu sou o Senhor, que vos santifica".

Primeiros vamos aos fatos. É verdade que o papa Francisco defende a ideia de acabar com o trabalho aos domingos? SIM. O pontífice acredita que essa medida seria benéfica para a sociedade. Francisco já se pronunciou sobre o abandono da tradicional prática cristã para trabalhar aos domingos. Segundo o papa, a prioridade deveria ser "não econômica, mas humana". Francisco entende que passar os domingos com a família e os amigos é um "código ético" e que o foco deveria ser colocado nas relações familiares e de amizade, e não nas comerciais. O papa disse isso em junho de 2014 como podemos conferir nesta reportagem do jornal O Dia. "Talvez seja hora de nos perguntarmos se trabalhar aos domingos é liberdade verdadeira", argumentou o papa.

⇥ Código de barras com número da besta 666. Será?
 Corpo do papa João Paulo II retirado do túmulo intacto.Será?

Então é verdade que o "domingo" teria relação com marca da besta? Antes de responder esta pergunta, precisamos estar cientes que, independente de religião, toda escritura deve ser interpretada do ponto de vista histórico, literário e racional. Na Bíblia encontramos fatos, por exemplo, "Jesus chorou" - Por que? Porque era humano e tinha sentimentos. Um fato incontestável. Agora, em outra passagem, "se um dos teus olhos te faz pecar, arranca-o, e lança-o fora", é certo que Jesus queria passar um ensinamento e não causar um dano físico a alguém por causa de seu pecado. Agora é fácil entender o porquê "a letra mata, mas o Espírito vivifica". (2 Coríntios 3:6). 

Há muitas interpretações sobre o livro do apocalipse e suas mensagens repletas de simbologia. E alguns procuram dar outro aspecto. Mera interpretação baseada em simbologias que são, por vezes, ligadas a fatos contemporâneos. Como sugere a teoria que associa o domingo a marca da besta.

Conclusão: A marca da besta NÃO será nenhum decreto dominical do papa. Enfim, para os cristãos, domingo é um dia sagrado, dedicado ao louvor e adoração a Deus.

Washington Luiz, repórter do Momento Verdadeiro.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Não divulgamos links.Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do M.V News.